Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Constatações XV

Junho 20, 2017

há uns bons anos atrás, quando eu dizia que adorava sushi, as pessoas contorciam-se de nojo pela ideia de comer peixe crú.

hoje em dia parece que é um crime alguém admitir que não se gosta de sushi! 

crime, crime é dizer que se gosta de sushi, mas só se for de vegetais ou fruta, que peixe crú dá vómitos :P

como os tempos mudam...

Há sushi e sushi

Dezembro 06, 2014

as muitas barretadas que tenho apanhado em restaurantes de cozinha japonesa ao longo dos anos têm contribuído para a minha falta de entusiasmo em experimentar sítios novos. sempre que caio na asneira o faço, e já sabendo o que a casa gasta, ponho as expectativas bem lá no fundo. antes surpreendida que desiludida.

 

...e ainda assim fico verdadeiramente impressionada como alguns conseguem transpor a minha já baixa fasquia e revelarem-se mais maus do que ia preparada para tolerar. como uma experiência que tivemos recentemente.

 

vou omitir o nome da casa porque não me apetece confusões, mas é o exemplo perfeito para ilustrar as primeiras linhas deste post. digo apenas que se trata de um espaço com um estilo muito in, decoração sóbria e elegante, empregados de mesa fardados de preto da cabeça aos pés, generosa colecção de garrafas de gin no bar, música lounge, fashion tv a passar.. the works!

 

pelas fotos, comentários de clientes e pontuação que têm na página do facebook, parecia seguro arriscar e descobrir se servia para nos poupar umas idas a algés quando a gulodice aperta em ocasiões impróprias.

 

não ia com grande fé e cedo apercebi-me que se calhar devíamos ter jantado em casa, que tinha lá meia farinheira no frigorífico, à espera de ser combinada com uns ovinhos à maneira. tal e qual como ir ao supermercado com fome, a preguiça em fazer o jantar por vezes também nos leva a tomar más decisões lol

 

tenho a dizer que a experiência foi consistente do principio ao fim. começou logo pela ementa. no fim de uma lista pouco variada onde era tudo mais-do-mesmo, eis que os meu olhos encalharam na mais tradicional das especialidades japonesas:

 

picanha...

 

(é para quem não gosta de peixe cru ter uma alternativa, isa maria, não impliques com esses detalhes, mulher)

 

enfim.. pedido feito, eis chega um amuse-bouche que nos deixou incrédulos com o nível de sofisticação:

 

palitos de cenoura crua acompanhados por maionese de alho...

 

OK... se a cena da picanha fez soar algumas sirenes, a da cenoura disparou o alarme central... só não disparamos nós do restaurante porque não somos de fazer isso.

 

entretanto uma taça de sopa miso materializa-se debaixo das minhas narinas.. BLISS (amo sopa miso, é daquelas coisas que me aquecem o corpo e a alma)!

 

ah, sopa miso é aquela base, não há como enganar. ah ah ah i wish.. nem no pior dos restaurantes pseudo-japoneses que tive o (des)prazer de frequentar me serviram uma sopa tão meh. não que tivesse mau sabor ou estivesse estupidamente salgada, mas... salsa em vez de alho francês e/ou cebolinho? are you fucking kidding me??

 

o prato principal, um combinado de sushi-sashimi, nem por isso tardou a aparecer. a apresentação não estava era nada de especial mas já tive muito pior. o peixe é que.. bem.. ressequido e sem sabor nenhum. o meu paladar não conseguia distinguir se estava a comer salmão ou atum ou outra coisa qualquer, só lá ia pela textura (bom.. ao menos não me deu vómitos, como naquela que ficou conhecida pel'a mais vil refeição de sushi de sempre, em que tive que parar de meter comida na boca, sob a ameaça do estômago devolver ao mundo tudo o que tinha dentro). os uramakis (sushi invertido) davam dó de tão miseráveis que eram. minúsculos e tão mal amanhaditos, pobrezitos. tinha o telemovel em cima da mesa mas nem uma fotografia me apeteceu a tirar..

 

e provavelmente a coisa só não ficou pior porque nesta altura já só queríamos dar à sola :P

 

mas conta lá, ao menos safou-se o chá verde que pediste para acompanhar a refeição, certo?

 

epá, até nisso conseguiram enfiar a pata na poça. vinha morno.. MORNO, e tão concentrado que roçava o intragável.. acho que nunca bebi um chá verde japonês tão mal preparado.. às vezes tenho realmente pena de não ser uma daquelas pessoas com tomates para mandar as coisas para trás..

 

o ambiente é bastante agradável e o atendimento foi bom, mas falhou redondamente em tudo o resto.. e caro.. aliás... caríssimo para o que nos foi servido. sou levada a crer que, ou tivemos azar no dia em que escolhemos ir lá, ou nas pessoas a quem calhou o nosso pedido, ou um qualquer acidente cósmico que ocorreu naquele momento, não encontro explicação. anyway, não tenho vontade de voltar a arriscar, ficou automaticamente banido do nosso roteiro gastronómico.

Querido diário...

Fevereiro 03, 2014

estou sóbria de sushi há precisamente 101 dias, mas começo seriamente a sentir os efeitos do desmame: ansiedade, alterações de humor, alucinações, salivação excessiva.. é terrível!

 

só de pensar em ferrar o dente numa fresquíssima e suculenta fatia de peixe cru, cortada com uma precisão quase cirúrgica para preservar as características da carne, desatam-se-me a trabalhar as glândulas salivares e a baba começa a escorrer-me pelos cantos da boca, que nem um cão. 

 

tudo por culpa dum miserável pacto que fizemos, que não havíamos de botar o coiro num restaurante que não fosse genuinamente japonês.. paga-se três vezes mais, mas ao menos não fico desgostosa por ver fruta enrolada em arroz, nem maionese ou queijo creme às carradas, entre outras patifarias da so called "cozinha de fusão", also bastante mais descansada quanto às possíveis caganeiras de caixão à cova que possa trazer de recordação..

 

pode parecer uma medida drástica, mas depois de umas quantas (bastantes) más experiências, decidimos que era pelo melhor, ou então enjoávamos a coisa de vez.. life's too short for bad sushi..

 

mas 101 dias é capaz de ser um recorde pessoal lol

Sushi overload II

Setembro 20, 2009

tá para fazer um ano que experimentamos o aya de carnaxide pela primeira vez. na altura escrevi sobre a experiência, mas nunca mais voltei a pronunciar-me sobre o restaurante, do qual nos tornamos fãs e clientes assíduos.

ora, já se sabe que quando gosto duma coisa, farto-me de fazer publicidade e já andava a aguçar o apetite da vi, a madrinha-malvada, há muito tempo. então, ficou prometido que quando ela fizesse uma pausa lá da bifolândia, passava por aqui e íamos lá encher o bandulho.

...e isso aconteceu finalmente na quinta passada!
às nove da noite estávamos os três a caminho de carnaxide, cheios de vontade de comer peixe crú.

enquanto nos tentávamos decidir sobre que quantidade mandávamos vir, o marido sugeriu um barco médio, porque a ponte ou o barco pequeno só trazia duas sopas miso e aquele trazia três e assim e assado. eu dizia que achava muito, mas ele insistiu que conseguíamos dar conta daquilo e acabamos por pedir esse.

todas as vezes que lá fomos, nenhuma foi tão abusada como nessa noite.. só sei que quando o barco chegou à mesa, entrei em pânico! nunca tinha visto tanta quantidade de sushi/sashimi/nigiri à frente dos mes olhos (os all-u-can-eat não contam!), e a única coisa que me ocorria era como é que raio iamos comer aquilo tudo..



é que nem sabíamos por onde começar. tudo aquilo parecia estar ultra-delicioso!

e estava mesmo, o peixe estrava fresquissimo como de costume e a variedade era imensa. alambazamo-nos ali os três como se não houvesse amanhã, e no fim.. bem.. no fim, só sobrou umas fatias de gengibre hehehehe
mas comemos até mais não, principalmente eu e a madrinha, que ainda jogamos ao "pedra, papel e tesoura" para ver quem comia o nigiri de salmão em vez do de atum lol

não só ela ficou impressionada, como eu voltei, mais uma vez, a ficar impressionada com a qualidade daquele restaurante. e não somos os únicos a notar isso, pois a casa está cada vez mais frequentada. ao principio apanhávamos pouca gente por lá, chegamos a estar praticamente sozinhos na sala, e agora encontramos aquilo quase sempre cheio.

acho que não há palavras para descrever o quanto gosto daquele sitio e da comida que lá servem. excelente, excelente, excelente!

Fim-de-semana e mais qualquercoisinha

Março 01, 2007

Ora bem, então no fim-de-semana passado rumamos aos algarves. Havia mais de de um mês que não calçávamos lá naquelas bandas.

 

Saímos de casa já passava da uma e meia da manhã, e a viagem começou com alguns percalços. Uma sacana duma gaivota cagou-me no vidro da frente, num sitio que me roubava visibilidade e aquilo com os mijas simplesmente não ia lá.

Pensamos em parar na primeira estação de serviço e dar um banho aquilo.. Ainda não tínhamos saído de Almada, quando um simpático motard nos avisa que não temos luzes atrás. Eh lah! Mais uma razão para pararmos na primeira estação de serviço.

 

Estação de serviço do Seixal. Depósito atestado. Pressão dos pneus verificada. Vidro lavado. Diagnostico das luzes: uma fundida (lado esq.), outra a fazer mau contacto (lado dir.). A loja não linha lâmpadas daquelas, vergooooonha. Trocar a luz que fazia mau-contacto para o outro lado, menos mal. Esquecemo-nos de colocar as luzes do lado direito no lugar, 20km sem stop's nem piscas naquele lado.

 

Estação de serviço de Palmela. Também não havia luzes.. melhor, havia, mas em kits, que custavam 8eur. Cagamos, e concordamos tentar a sorte na estação estação seguinte.

 

Estação de serviço da BP (a minha favorita, estação, não a marca he he) lá prós lados de Grândola. Entrei mas estavam montes de policias no estacionamento. Eu, como boa tuga que sou, mal vi a bófia, mudei de ideias e segui viagem. Nem sequer considerei a hipótese de que eles só lá estariam para fazer uma pausa..

 

Chegamos a Bensa-city já passavam das cinco da manhã. Vá lá que nem me deu sono..

 

No sábado à tarde, fomos até lagos e fartamo-nos de tirar fotos. Só eu enchi o cartão de 1GB da 400D em fotos. Até foi uma tarde porreira.

 

No domingo, o dia estava cinzento e chuvoso e acabei por não ir tirar fotos às amendoeiras em flor como tinha planeado no dia anterior.. Andamos a anhar o dia todo, até que nos viemos embora, mais cedo que o habitual, por volta das dez da noite, que eu na segunda tinha que estar em pé às sete da matina :P

 

Entretanto, voltei ao WIP. Ah poizé! Já tinha uma valente cabeleira que necessitava urgentemente de ser desbastada. Gosto mesmo de ter o cabelo curto. Até penso melhor e tudo lol

 

Uns ex-colegas (e amigos) tiveram a bela ideia de tentar reunir a turma do 9º ano novamente. Passaram-se 10 anos (1996/1997) e eles acharam que seria engraçado juntar a malta toda outra vez. No email que enviaram ao pessoal vinha uma foto da turma. Bem...que barrigada de rir que apanhei eu às custas daquela foto!

Que cambada de pacóvios que a malta parecia naquela altura LOL

 

É capaz de ser giro, revê-los a todos. Espero mesmo que consigam contactar todos :)

 

E à hora que estou a escrever isto, ainda estou a arrotar a peixe cru. Ah poizé! Dia de S. Receber merece jantar especial.

Desta feita fomos experimentar o Koi Sushi, que já havia sido recomendado algumas vezes, e deixem que vos diga, é simplesmente fabuloso. Não só a decoração e ambiente, como comemos o melhor combinado de sempre.

Pedimos um com 40 peças, mais uma tempura vegetariana, e ambos os pratos estavam de comer e chorar por mais. Levantar da mesa foi um sacrifício, tal não foi a barrigada!

 

É provavelmente o melhor restaurante japonês onde já tivemos e vamos voltar com certeza.

 

 

Best combo ever!

Fizemos sushi!

Janeiro 28, 2007

Fizemos sushi!

 

É verdade! E apesar de não ter grande aspecto, ficou muito bom, para uma primeira vez!

 

Compramos uma posta de salmão e um pepino, o resto já tínhamos tudo. Tivemos alguma dificuldade em enrolar os rolos, mas com a prática vai lá!

Não é difícil de fazer, e é divertido.

 

Pela primeira vez comi wasabi sem que me fosse impingido, e por duas vezes quase que me vieram as lagrimas aos olhos (uma delas foi bem feita, porque pus um bocado na ponta do pauzinho e comi) lol aquilo é muito forte! E a mistura que o marido faz com molho de soja ainda é pior e eu caí na asneira de experimenta-la :P puá!!

 

Da próxima: comprar o salmão em lombinhos em vez de posta, porque é mais fácil de preparar, e cavar um sulco no arroz, para que ele fique centrado no rolo..e respeitar os tempos de repouso do arroz. Estávamos à pressa e cortamos nos repousos he he De resto, acho que nem 10 minutos levou a ser devorado! : d´´

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D