Blue Monday

não sei como foi a vossa, mas a minha foi tudo menos blue!

tive que ir à cuf logo cedo meter o holter, depois pus-nos a caminho do trabalho. a manhã estava lindíssima, nada deprimente, apetecia a ficar ali, esparramados à beira rio, a absorver aquela radiação solar magnifica. já repararam que tem feito uns dias super limpos, sem neblinas nem smog. lisboa tem estado linda nestes últimos dias!

às três trouxe o trabalho para casa. tinha que estar em casa entre as três e as sete, para receber o colchão novo YAY. chegou às cinco, e como fedia a químicos, deixei-o arejar umas horas antes de fazer a cama.

por volta das seis, e em plena hora de ponta, atravessei a cidade para ir ao leroy fazer um recado. selvajaria do costume na estrada, tudo entupido e no mapa, indicação acidentes por todo o lado. depois do leroy, passar pelo ikea para devolver uns pés que não foram precisos para o hack do sommier. e já agora, porque não despachar logo a questão do jantar por lá? almôndegas vegetarianas com cuscus FTW!

depois ainda passar pelo escritório, no coração da cidade, largar o recado, e finalmente regressar a casa. a cama foi feita de fresco, e a primeira impressão do colchão é boa (espero não enganar-me como aconteceu com o anterior), acho que o homem é capaz de ter razão quanto às molas. é bastante firme, mas o protector de algodão que encomendámos é capaz de torná-lo mais confy. acho que vou finalmente ter uma cama digna de hotel hi hi hi

andei o dia todo com comichão por causa dos adesivos que prendem a fiarada do holter, não vejo a hora de tirar isto. also, com um dia tão agitado como o de hoje, devo ter aqui um belo dum registo :D

16 de Janeiro de 2017, às 23:29link do post comentar ver comentários (4)(1)

Blue Monday

tão diz que (tretas) a terceira segunda de janeiro (hoje, portanto - apesar de ter lido por aí que costuma ser a primeira) é o dia mais triste do ano.

não percebo.. para mim todas as segundas-feiras do ano são dias tristes e deprimentes, independente do mês.. é o dia da semana em que ando mais imprópria para consumo (diria mesmo intragável lol) e geralmente há sempre molho às segundas.. provavelmente porque há outras pessoas também detestam este dia e aproveitam para fornicar o juízo às outras :D

 

anyway, este não-assunto levou a que fizesse uma breve reflexão, não sobre os dias da semanas, mas dos meses do ano… é igualmente desinteressante, mas bora nessa!

 

janeiro

é um mês um bocado molinho.. já estamos conformados com dias frios e curtos e com o tempo desagradável, tanto que nem aparece sair de casa para ir desbundar. nesta altura já só espero e desespero que a merda do tempo passe o mais depressa possível..

 

fevereiro

não sei como é o vosso mas o meu é quase sempre desastroso.. é o mês mais estapafúrdio do calendário, DE LONGE. enguiços, alinhamentos cósmicos marados, karma, bad juju, eu sei lá.. só sei que se é para haver merda, é que fevereiro que acontece.

não gosto, não gosto, não gosto, tenho um medo dele que me pelo.. vá lá que é curto :P

 

março

entra a primavera e os dias começam a ficar mais bonitos, quentinhos e looongos, que finalmente muda a hora. YAY!!

normalmente saco uma semanita de férias nesta altura, onde aproveito para atacar as zonas montanhosas e mais afastadas do mar. é um bom mês!

 

abril

é bipolar: ora chove, ora tá sol e calor.. nunca se sabe bem, logo não permite grandes devaneios. costuma a ser o mês da páscoa e dos folares. só por isso não é mau de todo.

 

maio

passo este mês todo em estágio para o verão, é a última oportunidade para armazenar energia para a doidice que aí vem. é um mês ansioso e trabalhoso (para deixar tudo em ordem para as férias grandes :D). a meteorologia não costuma colaborar muito com maio, mas não faz mal.

 

junho

o meu mês favorito do ano e o mais louco dos doze, remeto sempre as férias de verão para a segunda quinzena e a partir daí é sempre a abrir!!

 

julho

se for mês quente, é a ramboiada total. não há fim-de-semana que não seja passado no campismo ou na praia, é sempre a andar… tanto que acaba por ser cansativo lol

 

agosto

tornou-se no meu segundo mês favorito, às contas da semana de férias que costumo marcar para esta altura, para aproveitar os últimos dias de calor à séria. normalmente é marcado pelas maiores desvaires do ano hi hi hi o calor dá cabo das ideias à malta lolão!

 

setembro

com verão a despedir-se lentamente e os dias a ficarem cada vez mais pequenos e frescos, aproveita-se ao máximo o bom tempo que resta. costuma ser um mês fixe, apesar de por esta altura, já estarmos um bocado esgotados pela confusão dos meses anteriores.

 

outubro

raio de mês deprimente. comemoramos uma porrada de aniversários (o meu, o do hóme, o da sobrinha mais velha, o da gata e o do nosso casório) mas não gosto nada dele. normalmente traz consigo os primeiros dias invernosos e é marcado pelo pior acontecimento do ano - a mudança de hora.. PUÁ!!

 

novembro

outro mês que nem por isso sou grande fã. é bonito e tal, por causa das cores do outono e com sorte ainda trás consigo uns dias de bom tempo, mas de resto.. ficam cada vez mais curtos, e isso deprime-me.. MUITO!

 

dezembro

chato, mas até se come.. o frio assenta arraiais, os dias ficam tão curtos que em alguns só apanho meia dúzia de horas de luz natural e ando com um humor impossível, por causa dos químicos desregulados no cérebro (cof cof).. começa o inverno, mas o mesmo tempo, marca o início dos dias maiores e começa oficialmente a contagem decrescente até ao meu dia favorito do ano, 21 de junho!

20 de Janeiro de 2014, às 23:14link do post comentar ver comentários (5)

Yet another monday from hell!

depois de uma série de atrasos logo pela manhã, decidi levar o carro para lx. um bocado a medo, já que a manhã não estava a correr propriamente dito às mil maravilhas e podia acontecer muita coisa no (relativamente) curto percurso entre garagem e o trabalho.
felizmente correu tudo bem... até chegar à garagem onde costumo deixar o carro em lx!

fiz um daqueles estacionamentos *mesmo* à gaja.. nem vou contar como é que fiz aquilo, pa não gozarem comigo ninguém tentar aí em casa :P

assim que me apercebi do encalhanço, saltei para fora do carro (que teve que ser pela porta do pendura) e fui analisar a alhada onde me tinha acabado de meter. a coisa tava bem (mas botem BEM nisso) feia, acho que o meu dedo indicador custava a caber entre o carro e o pilar do parque de estacionamento.. e do outro lado tinha o farol prestes a raspar na parede..
não me pareceu haver solução possível..basicamente, tirar de lá o carro significava dar uma "decoração" nova às portas do lado do condutor :P

...e o que é que uma gaja faz nestes casos? entra em pânico? não, chama o seu homem para que ele ajudar a resolver a crise lol

minutos mais tarde, marido to the rescue!
chegou, analisou a coisa e muito rapidamente definiu a estratégia e mandou-me de volta pro lugar do condutor.

parecia um maestro: corrigir trajectória das rodas, 2cm pra frente muito devagarinho, corrigir trajectória, 1cm para a frente com todo o cuidado, corrigir trajectória, 5cm para trás e PAROU!, corrigir trajectória, mais uns cm pra frente, corrigir trajectória.. as ordens eram claras e qualquer erro nas manobras resultaria num par de portas novas para o cascas..

mais uns minutos daquilo eis que o carro estava se encontrava finalmente posicionado no lugar certo... e SEM um único arranhão!!!
tá lá o pó todo intacto que comprova a minha versão dos factos lol

mas já tava a fazer contas à vida.. juro que nunca pensei que o cascas saísse ileso daquela embrulhada, mas pelos vistos ajuda ter um gajo com uma capacidade de orientação fora do normal e muito sangue frio...puf!!

(..e não, ele não se chateou comigo nem sequer me mandou ter mais cuidado da próxima vez, que eu aprendo bem as minhas lições sozinha :P)

...era uma boa forma de comemorar os 2 anos que fomos "encomendar" o carro *NOT*!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

de resto, é ler o blog :D

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.