Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Reviravolta sazonal à roupa

Outubro 31, 2016

é tão chato que aposto que este foi um dos doze trabalhos do hércules XP

ainda assim sentia-me corajosa e fui buscar tudinho. despejei em cima da cama os conteúdos do roupeiro e do saco de vácuo que vive no interior do sommier, e só vê a luz do dia 2 vezes por ano. uma montanha de roupa que me deu assim uns suores frios e dores na consciência. até a gata ficou nervosa com aquele cenário.

inacreditável a quantidade de roupa que tenho, e acabar por andar sempre vestida com a mesma meia dúzia de peças..

anyway, decidi experimentar roupa que não vestia há anos, mas que vou guardando por razões,

a minha cara quando a maioria das calças que tenho com mais de 5 anos, não passa das pernas, quanto mais conseguir abotoá-las na cintura (e a culpa não foi do whopper que tinha morfado ao almoço, que eu peço sem molhos e bebo águinha, tá?).. os trinta têm sido brutos comigo :/

muita coisa velha guardada. desbotada, gasta, esburacada.. peças que não me consigo desfazer por questões emocionais. na verdade tenho a esperança que se regenerem de um ano para o outro, para poder voltar a usá-las. também é verdade que isso tem falhado ano após ano.. mas a esperança é a ultima a morrer!

(e eu sou aquela pessoa que passou o verão em destroyed denim e t-shirts com ar "vintage"... mas há limites)

mas vá, a cada reviravolta mando algumas para reciclagem, custa (um bocadinho) menos assim.

encontrei demasiada coisa ainda com etiqueta. apesar dos meus esforços, continuo a comprar roupa que depois não consigo vestir.. correcção, continuo a permitir debaixo de uma chuva de ameaças o homem comprar-me roupa que ele gosta, e que por acaso no provador até parece boa ideia, mas depois não consigo vestir. isto tem mesmo que acabar.. normalmente quem beneficia com esta situação é a minha mãezinha, que não se importa de adoptar a roupa que a filha não quer.

já estava a começar a ver o fundo da cama quando o homem decidiu descolar a peida do sofá e juntar-se à minha empreitada, e foi chafurdar no roupeiro dele. para meu alivio, livrou-se de algumas t-shirts que já estavam bem foleironas e mais do que passadas da validade. algumas delas deviam fazê-lo rever a teoria de não cortar unhas a bichos.

este é outro com sérios problemas em desfazer-se da roupa favorita.. pior que eu, até! haviam de ter testemunhado uma luta lendária que tive com uns jeans e com alguns pares de bermudas, que ele insistia em guardar, apesar de estarem em tão mau estado que nem um sem abrigo era capaz de querer usar aquilo.. durou anos. e agora finalmente conquistei a derradeira batalha. yay!

resultado: um sacalhão de roupa para dar, um sacalhão de roupa para reciclagem. not bad!

Decisions, decisions..

Janeiro 25, 2016

cada vez que o zuckerberg dá um peido, a internet borra-se toda. hoje foi porque publicou uma foto (de parte) do roupeiro dele, onde se vê apenas uma série de t-shirts e hoodies iguaizinhos, e pergunta-se o que é que há-de vestir.

decision fatigue, é o que é!

ele não é o único. é uma táctica utilizada por pessoas muito ocupadas, que já estão aterradas com a quantidade de decisões que têm que tomar diariamente. daí que evitam gastar tempo e energia nas mais supérfluas, como por exemplo, que roupa vestir. então limitam as opções, comprando tudo muito parecido ou mesmo igual.

compreendo plenamente estas pessoas, também detesto ter que pensar no que raio vou vestir naquele dia, e se tivesse tudo igual era menos uma chatice - oh wait, eu já ando sempre vestida de igual :D a única diferença é que compro em cores diferentes (tenho o mesmo anorak em três cores, por exemplo, e nem vamos às blusas). não é que não tenha saias e vestidos, ou mesmo calças sem ser jeans, que tenho.. só não me apetece é pensar, apetece-me jogar a mão e enfiar a primeira coisa que apanhar. e quanto menos opções, menos acidentes.

aborrecem-me as convenções que a sociedade impõe. aborrece-me ser rotulada disto e daquilo se não segui-las. mas caguei, se quiser andar sete dias por semana vestida de igual, ando e ninguém tem nada que ver com isso!

Guerra dos sexos

Outubro 21, 2013

este fim-de-semana dediquei-me a uma das actividades que mais detesto: comprar roupa de inverno.

 

no meio do desespero habitual por nunca encontrar nada que me agrade, fomos arejar as ideias para a secção de gajo. é sempre uma animação, porque o homem também nunca gosta de nada, e eu, em vez de ajudá-lo fazendo sugestões construtivas, só pioro as coisas mostrando-lhe as peças mais foleiras que conseguir encontrar na loja.. além disso, ando sempre à coca a ver se apanho alguma coisa para mim (às vezes visto roupa de gajo, so uát!) :D

 

isto explica porque é que pouco faltou para nos pegarmos os dois à batatada em plena h&m, por causa de um par de hoodies muhahaha

 

- XEFE, topa-me as cores! quero um roxo. levas um amarelo para ti?

- gosto do amarelo.. mas também do roxo..

- nem penses! o roxo é para mim!

- levamos os dois e vestimos à vez..

- nã, nã, nã!

- fazemos assim: vestimos o casaco de acordo com a roupa, para combinar.. mas pronto, vá.. podes ter prioridade sobre o roxo..

- fair enough.. mas o roxo é meu!

Shopping spreeee weeeeeee!

Junho 19, 2008

já constatei que deu praí uma virose nas gajas, que andou tudo a peregrinar pelas lojas he he

como eu tinha dito aí há umas semanas, andava de apetites a um shopping spree e o marido fez-me a vontade.

ele quis começar pela miss sixty, a uns metros aqui de casa. devia ser proibido ter lojas daquelas perto de casa. a tentação é grande.. e foi a ultima vez lhe resistimos!
de lá veio um vestido lindo, lindo! uns jeans lindos, e um par de sapatos que eu já tinha andado a babar na montra da loja do saldanha residence (por azar também tenho uma miss sixty pertissimo do trabalho), e que pelos vistos, o marido também já tinha babado.

depois, ao colombo (porque o forum almada só tinha merda), às lojas do costume, pull&bear, zara, mango, bershka, stradivarius, h&m. mas fiquei um bocado desiludida com a oferta da maioria das lojas, as ultimas três então estavam uma desgraça...

no alegro ousei entrar na desigual...meu deus..é o paraíso do desconcertanço. a loja tá atafulhada de peças geniais, com cortes geniais, e padrões geniais. é um bocado cara, mas epá..vale a pena. trouxe uma saia genial, e um top igualmente genial. fiquei fã!!!!

fez-me bem à alma lol mas ainda faltou comprar um casaquinho que condissesse com algumas peças que trouxe...vida de gaja é lixada..falta sempre alguma coisa para combinar com outra... e vi uns oculos de sol liiindos...mas eram tão carooos :(

fiquei chateada foi com uma coisa. adoro aqueles vestidos compridos que se vêem muito por aí agora. adoro. mas experimentei uns quantos, e a desilusão foi grande...porque é que eu não sou 10cm mais alta? porquê? é que nem com as bainhas feitas se eles me assentavam bem... chuinf :'(

e o pior de tudo...anda aqui uma pessoa há um ano a tentar convencer o gajo a comprar uns crocs bem feiosos, e quando ele finalmente se decide, experimenta aquilo a bem experimentar, e chega a triste conclusão que, por ter os dedos grandes dos pés mais pequenos que os outros dois, os crocs tornam-se extremamente desconfortáveis, tipo, os dedos até saem pelo buracos da frente..oh well!

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D