Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Fim-de-semana (em) grande!

Maio 04, 2008

este post já está um bocado passado da validade, mas não tive tempo durante a semana e não quero deixar passar em branco, o fim-de-semana da semana passada, aquele grande, com o 25 de abril a reboque.

sexta. feriado. o dia muito bom e muito mal aproveitado. podíamos ter ido até à costa abrir a época balnear, mas estivemos em casa o dia todo até às oito da noite. era o dia do primeiro concerto do jean michel jarre. não consegui bilhetes para este concerto porque quando ia para compra-los, os lugares que eu queria estavam todos esgotados. mas no dia anterior ao concerto soube que tinha conseguido uma acreditação para ir fotografar o concerto. cool, a bem ou a mal, ia estar presente e isso é que interessa!

então lá fomos a caminho do coliseu. eu entrei para a sala juntamente com os outros fotografos e o marido preparou-se para uma seca de hora e meia à minha espera.

já lá dentro e minutos antes do concerto começar, recebo um sms do marido a me informar que estava dentro da sala, na plateia. tinham-lhe oferecido um bilhete!

ainda diz ele que não tem sorte, o sacana. tava à porta o coliseu, a perguntar-se o que é que haveria de ir fazer para queimar o tempo, quando foi abordado por um casal que lhe ofereceu o bilhete. estava destinado a um amigo que não apareceu e pimbas!
acabou por assistir ao concerto bem mais confortável que eu, que depois das duas primeiras músicas lá à frente, ao lado daqueles que arrotaram com 100€ pelo bilhete, tive que andar de um lado para o outro e acabei lá em cima, no balcão ou como raio se chama aquilo, e não via nada porque estava cheio de gente à varanda. é nestas alturas que eu gostava de ter pelo menos mais 10cm de altura :P
não consegui grandes fotos porque não ia bem preparada i.e. não fotografei na zona que estava à espera e não tinha uma objectiva com maior alcance para tirar fotos ao longe. estes incidentes acontecem frequentemente aos newbies..enfim, tamos sempre a aprender..



sábado sim, foi dia de ir molhar as unhas à caparica...molhar é como quem diz que vai à praia, porque não levantei o cú da toalha he he

no domingo saimos de casa cedo. destino: porto!

ah poizé! a primeira viagem do ano (as idas ao algarve não contam) enfiamo-nos os dois no alfa pendular e só paramos na invicta. motivo: o concerto do jarre. como não consegui bilhetes para lisboa, comprei para o porto, e mesmo depois de saber que ia fotografar, não desisti da ideia do porto, até porque já estava tudo planeado e marcado. e como tal, aproveitamos para conhecer aquilo, pois apesar de ter lá estado no mês passado, não vi nada de especial e o marido também não conhecia.

o dia estava bom, apesar de estar um bocado frescote lá praquela zona. depois do check-in no hotel às duas da tarde, palmilhamos a zona histórica, almoçamos e ainda fomos a v.n. de gaia (era só atravessar a ponte), que havia para lá festança. não houve tempo para um cruzeiro no douro. foi pena, mas fica prá próxima.

depois de uma bela sesta, tava na hora de irmos fazer o que fomos lá fazer, ir ao concerto! já não houve foi tempo para jantar, mas then again, ainda não tínhamos apetite.

o concerto foi muita porreiro porque o bacano fez-se acompanhar de instrumentos da idade da pedra, nada de tecnologia actual, nem um miserável pczinho. contei alguns 23 teclados de piano divididos entre as 4 ilhas. muito bom, qué para não dizerem que eles metem o CD e ficam ali a dar show. naaah, aqueles moços tocaram mesmo e tocaram bem!

quando aquilo acabou, juntamo-nos à horda de fãs hardcore do gajo e fomos prás traseiras do coliseu à caça de autógrafos. levamos foi uma seca valente (quase uma hora), mas a malta não despegava. consegui um rabisco e umas fotos à emplastro lol

...e com isto deixamos fechar os sítios todos. como resultado, não jantamos :P
ainda tentamos assaltar o mini-bar do quarto, mas a única coisa comestível que lá estava, uma latinha de pringles, que estava mais leve que o habitual. motivo: algum esfomeado tinha chegado a ela primeiro que nós. restavam apenas umas tristes migalhas :P

regressamos na segunda cedo, mas soube a pouco..viagens de um dia não prestam, fica muita coisa por ver...

gostamos do hotel, moderno, confortável e tinham uma pia kalahari igual à nossa na casa de banho. pena o colchão, duro como cornos (será que algum dia vou ficar num hotel com um colchão confortável?), e as almofadas, que eram estreitas e baixas, e não haviam das normais no roupeiro...
nota negativa para o preço do pequeno almoço, pediam 10€/pessoa (thanks but no thanks), cama, e para a fraca fiscalização do mini-bar (não achei lá muita piada ao episódio da lata de pringles)... mas por 50€/noite num hotel 4 estrelas não me posso queixar!


gostei do porto, especialmente das ruas. parecia-me muito mais limpas e arranjadas que as de lisboa..deve ser por causa do tipo de calçada (granito, né?). a arquitectura dos edifícios históricos é bastante diferente da de lisboa, parece-me mais sombria, mas gostei. pena estar tudo muito escurecido. gostei de atravessar a ponte d. luis por cima e por baixo, gostei das vistas. não gostei do horário dos restaurantes. gostei dos transportes. gostei do sotaque das pessoas. as pessoas parecem-me mais descontraídas e amigáveis do que aquelas que encontramos normalmente em lisboa. o taxista é que não gostou de nos conduzir durante 3 mn de volta ao hotel.. azar!

train station

mas pronto, havemos de lá voltar com mais tempo :)

João Miguel, aonde é que andaste tu a minha vida toda?

Abril 17, 2008

ele há coisas.....

uma pessoa nasce a ouvir determinados músicos, cresce com eles, mas por alguma razão parva acaba por se distanciar.. do tipo, tomamo-los por garantidos, sabemos que eles estão lá, mas nós nem por isso ligamos...

depois um dia destes, apanhamos na playlist de um colega, as músicas de um certo concerto que está para vir e aproveitamos a deixa "ah deixa cá ouvir uma amostra daquilo que me espera e tal".... e depois ficamos totalmente apanhados pelas músicas e pensamos "foda-se, que a minha vida toda conheci o gajo mas nunca lhe dei o devido valor ou atenção...", e simplesmente não conseguimos parar de ouvir...

tudo isto que é para não se admirarem da barbaridade que prali vai no meu last.fm...

Yay!!!!

Fevereiro 16, 2008

fiquei agora a saber via last.fm que o Jean Michel Jarre vai passar por lisboa no dia 25 de abril. é começar já a pensar em arranjar bilhetes, que já tão à venda!
este é um daqueles concertos o-b-r-i-g-a-t-ó-r-i-o-s! quando uma pessoa nasce a ouvir estas coisas, se não vai assistir ao concerto deve ser punida com arrependimento eterno (como alguns concertos que eu cá sei), for crisake!

(os kraftwerk também já faziam um desviozinho, já que vão tocar ali por terras espanholas, aproveitavam e passavam por cá outra vez, que o concerto do sudoeste soube-me a pouco... )

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D