The plot thickens

tão levo o carro à inspecção. ia resplandecente, a mandar charme pelo circuito fora, e a ownar os testes todos como a estrela cor-de-fogo que ele é. orgulho da sua dona! 

...e não é que saio de lá com um papel a condizer com a cor da pintura?? PQP!

claro que desatei a rir. e porque não? afinal estamos em 2018, akaannus horribilis. aliás, aquele resultado cheirava-se a kms de distância!

anyway,

motivo: a escova traseira em falta

sim.. nós não testamos a escova traseira.. eu mal me lembro que tenho escova traseira.. quanto mais testá-la antes de ir à inspecção.. eu limpei o carro minuciosamente.. a manápula estava a meio metro da escova traseira, e eu não dei pela falta. tudo certinho, tudo direitinho... menos o raio da escova traseira. que vergonha do crl!

ora, isto eram duas e meia, e às quatro tinha uma consulta - mais do que tempo suficiente para ir comprar uma escova, e voltar ao centro para repor a ordem no universo.

feuvert > secção das escovas > consultar catálogo > procurar referência > havia uma unidade. top! vinte minutos depois do cartão vermelho, tou a pagar a escova. piece of cake, ainda dizem que as mulheres não são desenrascadas!

vou a montar a escova, ali mesmo no parque de estacionamento da loja, e.. oi!? ondé questa merda é suposto encaixar.. o encaixe tá partido... WTF???

não roubaram só a escova. não.. tiveram que *partir* a puta da ponta do braço da escova. e o braço não é uma peça que esteja nas prateleiras das feuverts da vida, é uma peça que geralmente tem que ser encomendada... telefono ao homem e dou-lhe a má noticia do braço partido. resta-me telefonar para o entreposto a ver como é da peça. entretanto o homem diz que segue no metro até à estação de moscavide, e dá um salto à oficina.

falo com o departamento de peças, e FELIZMENTE tinham o braço em stock. ainda ia conseguir resolver aquela embrulhada a tempo de não me cobrarem a re-inspecção. pedi para reservar que o homem devia estar a chegar lá, e puz-me caminho de lá também. vinte minutos depois, o braço e a escova estavam instalados. siga pró centro.

foi apertado mas consegui! papel verde, re-inspecção oferecida, e às quatro estava na sala de espera para a consulta. puf..

o homem suspeita que pelo aspecto da coisa, não tentaram apenas gamar a escova, mas sim trocar o braço por outro que estava partido. ainda devem ter passado algum tempo de volta daquilo, pois a nossa porca estava calcinada, e aquilo não saiu assim tão facilmente. acabaram por trocar o braço aos bocados...

agora fica a dúvida no ar... teria sido o gajo da manápula asquerosa que gamou a escova ao cascas? se descobrisse quem era, mandava-lhe a factura :P


depois admiram-se que eu não tenha grande fé na humanidade 😑

20 de Julho de 2018, às 17:40link do post comentar ver comentários (6)(1)

You may pass now!

bom, acabou-se a saga da inspecção do chasso, sem que antes, tivessem havido mais confusões, claro!

(isto passou-se ontem)

como não podíamos adiar a inspecção nem mais um dia porque este fds a estrada é capaz de estar pejada de bófia e eu não quero apanhar uma multa/ficar sem o livrete porque o prazo para (re)inspecção já tinha acabado, decidimos levar o carro ao mecânico para ele alinhar o farol e irmos com ele ao centro na quinta-feira (hoje) o mais tardar.

chegamos lá, e o marido pergunta ao gajo da oficina se dá para baixar o farol pois está muito alto e tinha sido um dos motivos do chumbo.
o gajo, que deve ter ficado picado a  pensar que nós o estávamos a culpar por aquilo (ele tinha arranjado o suporte do farol há coisa de mês e meio), não vai de modas: "ah, isso agora só farol novo!" e nem sequer foi lá ver o dito cujo... eu a ver a minha vida a andar para trás, que não ia poder usar o carro durante o fim-de-semana, mas o marido, desconfiado, pisca-me o olho e pergunta-lhe: "então, e em quanto fica um novo?"
o gajo vai ver, telefona para outro que lhe dá o preço, aplica mais a montagem e dispara: 120€€!

até gani ao ouvir aquilo! é que NEM PENSAR! nem pensar se gasto aquele dinheiro num farol praquele carro, nem pensaaaaaar!!!
viemo-nos embora, e o marido enfurecido por o terem tentado enrabar, decidiu-se: "também agora, vou EU descer o farol e vamos com ele à inspecção JÁ ...a ver se não passa!"

dito e feito. chegou ao carro, sacou da chavinha, ajustou o parafuso da altura do suporte, vimos perfeitamente o farol a descer e bora lá que se faz tarde!

chegamos ao centro e ficamos a saber que como o prazo já tinha expirado era preciso fazer nova inspecção. baaaaah! mas vá, tou-me a cagar, eu quero é andar com o carro descansadinha da vida, que tenho muito orgulho nas minhas 0 multas! (as 2 de estacionamento à porta de casa não contam :P)

desta vez fui eu que levei o carro pelo percurso, que cá para mim, o marido da azar* he he. mandei-o dar uma volta e meti-me na fila. calhou-me um porreiraço. fez aquela merda em três tempos (até porque o carro tinha sido totalmente inspeccionado há menos de um mês) e em três tempos tinha a merda do papel verde na mão!

120€€ por um farol novo MY ASS, bastou uma puta de uma chave e rodar um cabrão dum parafuso. é assim que se perdem clientes. nunca mais o chasso há-de lá por as rodas naquela oficina!

* naquele cento de inspecções, na primeira vez que fomos lá com o carro, foi o marido que o levou e o carro chumbou, da segunda fui eu e passou, da terceira foi ele e chumbou, da quarta fui eu e passou. coincidência? lolll
20 de Março de 2008, às 14:02link do post comentar ver comentários (3)

You shall not pass!

hoje o chasso não teve sorte...apanhou um gajo com maus fígados e tropeçou em tudo. agora tenho que ir mandar fazer um par de matrículas novas e actualizadas, tenho que chatear alguém para me arranjar o fecho da porta do pendura, e tenho que voltar com o carro à oficina para me alinharem um dos faróis que está muito para cima (tinham sido alinhados há algumas semanas atrás :P)...enfim...uma má forma de começar o dia...

bastard!
29 de Fevereiro de 2008, às 13:01link do post comentar ver comentários (8)

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

de resto, é ler o blog :D

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: