Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Estufa fria

Fevereiro 08, 2016

foi dos primeiros sítios que visitei quando vim estudar para lisboa. entretanto mais anos que aqueles que se contam pelos dedos das duas mãos passaram, e quis dar lá um saltinho este domingo, para quebrar a rotina enfadonha que estava instalada dos fins-de-semana de janeiro, em que praticamente apenas saí de casa para fazer compras e pouco mais.

é um recanto muito agradável e calmo. assim que passamos a entrada, parece que entramos numa pequena selva. os olhos perdem-se facilmente na imensidão das plantas exóticas que cobrem tudo à nossa volta, e os tons de verde são mais do que aqueles que conseguimos processar.

uma rede quase labiríntica de caminhos assegura que não vamos perder pitada da visita. pequenas cascatas, lagos, regatos, grutas, pontes e degraus de pedra para os patamares superiores compõem o cenário.

em alguns canteiros espreitam pequenas e curiosas esculturas, de cores e formas orgânicas, que se diluem perfeitamente na vegetação em redor e dão um ar de graça ao espaço.

Untitled Untitled Untitled Untitled IMG_20160207_150621 Untitled Untitled

(album completo aqui)

infelizmente apanhamos a estufa quente fechada (tem estado em obras). lembro-me de ter achado interessante a transição e o contraste de ambientes entre as duas estufas, uma fresca e suave e a outra quente a abafada, mas não foi possivel reavivar essa memória. dá para mirá-la da estuda doce, e está com muito bom aspecto.

perde-se facilmente uma tarde lá, pelo que aconselho a ir de estômago cheio, calçado confortável e sem grandes pressas.

mental note: não deixar passar tanto tempo até à próxima visita.

Lá em cima

Março 02, 2015

òzanos que andava para ir ao planetário. ando por estas bandas há mais de 13 anos e nunca lá tinha posto os pés..shame on me!! pois bem, achei que já estava na to do list há tempo demais então hoje foi o dia.

a.do.rei a projecção das estrelas, quando a sala escureceu e por cima de nós revelou-se um céu nocturno absolutamente real até me arrepiei. só faltava ali uma musiquinha espacial a condizer com o ambiente :)


(montagem manhosa que fiz, colei o céu numa foto que tirei à sala depois da sessão ter terminado)

 

a sessão a que fomos metia demasiada história e ecologia, quando eu queria era mesmo ver mais sobre o cosmos, os planetas, o sistema solar, ou a galáxia. hei-de voltar para assistir às restantes. a ver se apanhamos a que passa pink floyd que o homem não fala noutra coisa lol

(a quem ficou com a letra da música do era uma vez no espaço no ouvido por causa do titulo do post: parabéns, estás velho/a muhahahaha)

Lost in... Monsanto

Abril 16, 2012

ele há coisas incríveis.. mesmo a viver a uma dúzia de km's de distância do parque de monsanto, tanto eu como o hóme nunca tínhamos lá posto os pés.

 

no sábado fomos a alfragide e quando passámos por lá, o assunto veio à baila. decidimos que estava na altura de resolver essa questão de uma vez por todas. e que desculpa melhor para fazer uma caminhadazita!

 

quando chegámos a casa fui ao wikiloc cuscar os trilhos. encontrei distâncias para todos os gostos:

 

6km.. meh, demasiado curto;

9km.. curto. 9km são duas horitas a andar, nem chega a cansar;

13km.. not bad, mas..

 

..18km. à patrão!!

 

coisa para nos deixar de rastos durante três dias (not kidding)!

 

então no domingo, mesmo com a ventania desgraçada que estava, pegámos em nós e fomos fazer o tal percurso. devíamos estar com a cabeça enfiada no cú porque eram quatro e meia da tarde quando começámos. tendo em conta que íamos palmilhar pelo menos 4 horas, era certo que a noite caía connosco ainda metidos no meio da mata e não tinhamos a lanterna. oh well, não havia de ser nada. bring it on, bitch!

 

monsanto não é assim tão grande como tudo isso, mas o tipo que criou aquele percurso certificou-se de fazer render ao máximo todos os caminhos existentes no parque, fossem eles de asfalto, terra batida, circuitos de manutenção ou single tracks. bastante diversificado e nada aborrecido, subidas e descidas qb. foi sempre, sempre a andar!

 

o parque é fixe, mas tem um "pequeno" problema: o ruído. ouvem-se motos, carros, comboios e aviões. quebra a experiência de contacto com a natureza quase por completo, uma pena, porque há lá espaços mesmo convidativos à ronha.

 

aguentei a coisa bastante bem, mas aos 15km já me estava a custar.. e a anoitecer!

 

ainda nos faltavam 2km e já começava a ser dificil ver por onde metiamos os pés, os tropeções nas raízes das árvores e nas pedras começavam a ser frequentes e nada saudáveis.. e de repente, eis que surge a estrada que passava pelo estacionamento onde tínhamos deixado o carro. JOY!

 

o marido (que já vinha a coxear por causa dum joelho rombo) deu a má noticia de que ainda faltava cerca de 1km para terminar o percurso.. humm.. 

 

1km ou 100m até ao carro?

 

morta como já vinha, quis cagar pró que faltava do percurso.. já não andava, arrastava-me e naquele momento o carro pareceu-me um oásis no meio do deserto :D

 

mas foi uma bela duma caminhada! mais destas virão \m/

023 - Ir ao oceanário..

Outubro 14, 2008

tá aberto ao público há 10 anos e só agora é que fui visita-lo...não tenho desculpa!

e é que aquilo é tão bonito...
 



estrear a máquina nova lá sem a conhecer é que não foi a melhor das ideias, mas entre os dois  tiramos mais de 800 fotos, não se aproveitaram muitas, mas dá para ter uma ideia da beleza do aquário.

havemos de lá voltar :)

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: