Se eu não fosse assim.. VI

chegou aquela do ano em que o cascas tem que ir fazer uns exames para lhe renovarem o papelinho verde no pára-brisas. como estava a modos que pró badalhoco, quis dar-lhe uma lavagem para ir mais apresentável (que o estado do carro diz muito dos donos muhahaha).

mé rique carrinhe, que só te dão banho duas vezes por ano - quando vai à revisão, e quando vai à inspecção...

tão siga para o posto de abastecimento com lavagem automática mais próximo. nesta altura do campeonato já nos deixamos de preocupar com os riscos que as escovas fazem na pintura... also, são 15€ que poupamos.

terminada a lavagem, paramos em frente à bomba de ar para o homem verificar a pressão dos pneus. eu aproveitei para recolher o lixo armazenado nos compartimentos das portas, e decidi que não me custava nada passar-lhe o aspirador quando chegasse a casa.

foi então que reparei que a manápula gordurosa tinha resistido à lavagem automática, oh que crl... há uns dias, alguém teve a cortesia de escarrapachar uma mão de tal modo gordurosa na traseira do carro, que quase dava para notar as impressões digitais do autor. nem quero imaginar ondé que aquela mão andou metida antes de assentar no meu rico carrinho :P

nada que uma espichadela de fairy num pano de micro-fibra não resolva, pensei.

estacionei o carro a ocupar dois lugares estrategicamente na garagem, de forma a conseguir ter as portas todas abertas e fui buscar as ferramentas de limpeza.

a manápula asqueirosa saiu tão bem com o fairy que decidi ir experimentar se funcionava igualmente bem na dianteira do carro, na vasta colecção de entranhas ressequidas de insectos, resistentes às escovas das lavagens.

ok, aqui precisou um bocadinho mais de força de braços, mas hey! tava a ficar um mimo! a parte mais fixe foi termos descoberto que 50% dos riscos da pintura eram superficiais, e saiam à força da esfrega ou das unhas (UAU, finalmente uma situação onde é útil ter unhas rijas como cornos!!). ia dando cabo da unha do polegar direito, mas consegui tirar aqueles riscos pretos foleirosos do pára-choques. fiquei TÃO contente :D

quando dei por mim, tinha passado o pano húmido na pintura toda. quem diria que limpar o carro consegue ser uma actividade tão apaziguadora. agora compreendo porque é que tantos homens passam tardes inteiras de domingo a limpar o carro.

depois, enquanto o homem se dedicava às jantes, aspirei o interior minuciosamente (temos umas ponteiras todas paneleiras para o aspirador, que chegam a todos os cantos e fendas), e por fim passei o pano nos plásticos interiores, para limpar as patadas. ficou im-pe-ca-vel!

ele merece, carrinho lindo, que se porta tão bem e faz a dona tão feliz!

orgulhosa do resultado final, vou ver qual é a opinião da internet sobre lavar o carro com detergente da loiça.. na volta todàgente usa menos eu!

...a minha cara quando começo a ler por todos os lados que não se deve utilizar tal coisa, pois danifica a pintura.... EEEKKKKKK!!! quer dizer.. dou um peido sem consultar primeiro o google, e sai logo asneira 😑

bom, vá lá que usei muito pouco (aquilo ser ultra concentradissimo é só um detalhe lol).. 

ontem quando saiu à rua, pude inspeccioná-lo debaixo do sol resplandecente em vez da iluminação ténue da garagem, e posso atestar que sem ser quando o fui levantar ao standér, nunca o vi tão bem limpo e tão brilhante. a pintura está intacta, tanquegóde. prometo que da próxima vez que limpar o carro vou manter o detergente da loiça bem longe dele -_-'

11 de Julho de 2018, às 00:25link do post comentar ver comentários (1)(3)

Se provas faltassem.. V

long story short, andávamos há quase dois meses com o leitor de CDs do carro empenado, e nenhum dos truques que a internet tem para oferecer funcionou.

a parte chata desta história não é termos ficado privados de música decente durante as viagens mais longas, é o carro ter um processo automático qualquer, que sempre que se dá à chave, o leitor de CDs insiste em restaurar a ordem, tentando desenguiçar a magazine. coisa que ao fim de umas quantas vezes, começa a tornar-se deveras irritante (e algo me diz que deve ter contribuído para drenar a bateria do carro mais rapidamente). até fiquei surpreendida quando o carro esteve na oficina, eles não se terem chegado à frente para arranjar aquilo.. deve ser um pincel tão grande, que até os técnicos fogem dele como o diabo da cruz.

portanto, os quase dois meses a ouvir o leitor a tentar desemperrar os CDs sempre que ligo o carro tavam-me seriamente a ir aos nervos. até que hoje foi o dia.

pela segunda vez, esventramos o painel central do cascas e sacamos o auto-rádio para fora, na tentativa de perceber qual era a crise. o homem começou a desmontar o bixo. camadas e camadas de chapinhas. parafusos de todos os tamanhos por todos os lados. cum crl, tantos parafusos que aquela merda tem - para não deixar chegar a lado nenhum. às tantas o homem parou de desaparafusar pecinhas e desligar cenas, sob o risco de não fazermos ideia de como voltar a montar aquilo. é um autêntico puzzle em 3D. quem diria que um miserável leitor de CDs tinha tanta tralha.

inspeccionando o bloco compacto de tecnologia de ponta do século passado, percebermos que era impossível descobrir a raiz do enguiço. o homem tentava rodar elementos com chaves de precisão, mas só estava a ter sucesso em desgastar os materiais. contentamo-nos em conseguir sacar 3 dos 5 discos que lá estavam dentro, e dar-lhe uns carolos, a ver se desempenava alguma engrenagem, mas sem fé nenhuma que aquilo algum dia voltasse a funcionar. tenho genuinamente pena de não ter filmado ou fotografado o processo, mas este gif animado demonstra na perfeição nós os dois de volta do dito cujo,


dezenas de minutos depois, demos a intervenção por terminada. o homem inicia então o moroso processo de voltar a meter as pecinhas todas no lugar. já tinha aquilo quase tudo montado, quando se apercebeu que tinham sobrado peças (se não tivesse é que seria de admirar lol). mais concretamente, 6 parafusos minúsculos. vá, toca de desmontar as chapas e chapinhas mais uma vez. e vá, toca de montar tudo outra vez. depois apercebeu-se que também se tinha esquecido de uma pequena chapa que pertencia à ranhura do leitor de CDs, mas cagou praquilo. não era aquilo que ia impedir o leitor de funcionar, why bother?

terminada a fastidiosa tarefa, fomos meter o rádio de volta no carro. assim que o homem liga as fichas todas, o leitor ganha vida e começa a ranger por todos os lados, mesmo com o carro desligado. wtf?? ondé que aquela porcaria está a ir buscar energia??

fizemos então uma última tentativa de ver se a nossa intervenção trolha tinha tido algum efeito. se o enguiço não tivesse solução, o plano b era simplesmente desligar a ficha do modulo do leitor, para acabar com a tosse.

ligo o carro, cling clang clung clang cling clung.. ai mãe, fizemos mesmo um belo serviço de reparação, aquilo parecia que se estava a auto-destruir por dentro. quando finalmente parou, o homem carrega no botão de eject, e escolhe a bandeja. cling clang clung clang cling clung. as expectativas disparam, uma pontinha de fé renasce, é o momento da verdade, o tudo ou nada...

... e ZOMG, tão não é que aquela merda cuspiu o disco??? YES!!!

carrega novamente no botão de eject, para tentar sacar o último disco encravado e.... GREAT SUCCESS!! pelo menos não se perdeu tudo lol

tão e agora que temos a magazine vazia, o que é que vamos fazer?? voltar a enfiar discos lá dentro para ver se tocam, pois claro.. e MILAGREEEE!! o leitor voltou a funcionar!! tá a fazer uma porrada de ruídos novos, todos desengonçados, quando se enfia / tira / ou alterna entre discos.. mas hey, TÁ. A. FUNCIONAR*!! how about that? não só não demos cabo do leitor, como conseguimos pô-lo a tocar novamente :D

* por mais quanto tempo, não sabemos lol

12 de Fevereiro de 2018, às 00:55link do post comentar ver comentários (3)(5)

Pelas ruas da blogaria

os senhores das marcas gostam muito de arranjar carrecos carros para as meninas da blogosfera experimentarem durante uns dias e depois desunharem mil posts sobre o assunto, ilustrados com fotos onde esboçam sorrisos de orelha a orelha (como se o assento proporcionasse orgasmos - hum.. vai na volta.. se o carro produzir muita vibração até pode suceder-se o facto muahahaha), fazendo crer que aquilo é a oitava maravilha do mundo.

 

fdx.. a menos que me passassem um gt-r, um dbs ou um r8 prás mãos (ou um tt, vá.. para não dizerem que sou muito exigente), não, muito obrigada!

11 de Junho de 2012, às 23:16link do post comentar ver comentários (3)

Decisions, decisions..

novembro, ou o mês mais destrambelhado da história, fez com que metêssemos uma pausa no menu diário de transportes públicos. porque tínhamos que ir ao parque das nações três vezes ao dia; porque estávamos a terminar projectos que obrigaram a umas quantas noitadas; porque veio o codebits e nunca havia hora para regressar a casa (quer dizer, havia.. 2, 3 da manhã :P); porque meteu-se a holanda pelo caminho.. puff!

 

foi-se novembro e chegou dezembro. o passe do marido expirou e ele nunca mais ia tratar da renovação e a saga continuou. em janeiro andávamos cansados do trabalho e sabia muita bem meter-nos no carro de manhã e à noite. em fevereiro foi o frio que serviu de desculpa..

 

até sou uma pssôa cheia de boas intenções e queria atinar com os horários, para ver se apanhava os períodos de maior frequência dos transportes, mas não vale a pena, largo *sempre* o trabalho a umas horas de merda, e levar quase hora e meia para chegar a casa não é das coisas que mais me excita, especialmente durante o inverno.

um autocarro ou metro que nunca se sabe quando aparece, que as carreiras estão cada vez mais reduzidas, um barco de demora uma eternidade a atracar, o desconforto das viagens, as horas perdidas em transbordos, a manada que se arrasta e mais parece que está a caminho do matadouro.. morre-se um bocadinho todos os dias nisto :P
nestes seis anos de deslocações diárias entre almada e lisboa já tentei todas as combinações possiveis e nenhuma é minimamente decente.. 

 

então comecei a fazer contas à vida.

 

claro que levar o carro fica mais caro.. duas vezes e meia mais caro.. mas... à noite percorro os 13km que separam a casa do trabalho em 15 ou 20 minutos em vez de uma hora e tal.. notamos um aumento tão grande na qualidade de vida que caguei mesmo pro preço a pagar. a sério!

 

entretanto oficializamos a coisa e arranjamos uma avença mensal num parque perto do trabalho, o que baixa bastante a despesa.
assim, de manhã levo 20-30mn a chegar e à tarde 15-20mn a regressar.. até nos dias que tenho apanhado trânsito na ponte demoro menos que se fosse de transportes. e a avença pode ser cancelada a qualquer momento sem problemas, por isso, tásse!

 

o cascas, poupadinho como é, ajuda a tornar isto possível w00t

29 de Fevereiro de 2012, às 20:26link do post comentar

21 - Comprar o desgraçado do carro novo

(ai que giru! era a tarefa 21 e o carro estava previsto chegar a dia 21, mas adiantou-se 9 dias e podia ter sido levantado a 21, mas nós não tivemos tempo para ir lá ontem ^^)

ora aqui está a tarefa que eu mais queria riscar. esta era a "TAREFA", e aquela que pensava que se iria prolongar indefinitivamente porque já se sabe que eu andava a querer comprar um carro novo desde o fim de 2005 e tava complicado...

inicialmente queria o yaris, depois perdi-me de amores pelo seat leon, mas passado um ano saiu o "cascas" e o meu destino tava traçado. depois de lhe ter feito um test-drive, disse, em alto e bom som EU QUERO ESTE CARRO!

entretanto passou-se um ano e meio e cá está ele, depois de dois meses à espera, isto porque tivemos a puta da sorte de ter ido bater à porta dum stand que tinha o modelo que nos queríamos, na cor que nós queríamos, a chegar dali a pouco tempo, porque o tempo de espera médio para estes moços é de sete meses!!

é um tekna 1.5 dCi (106CV), fired iron (ou laranja avermelhado), lindo lindooooo!

fiquei ainda mais contente por ser um nissan, porque o meu primeiro carro foi um nissan (sunny, em segunda mão, com 6 anos) e se eu adorava aquele carro. era um bebedolas, é verdade, mas fomos muito felizes. daí que quando saiu este modelo fiquei mesmo, mesmo entusiasmada.
não tem nada, nada, nada, nada a ver com o polo, esqueçam, é como da noite pro dia, não há compração possivel e imaginária (só se nos consumos, vá). para além se ser enorme (senti algumas dificuldades, e vou ter dificuldades durante alguns meses por causa daquelas medidas abusadas dele (isto dito assim, até soa estranho lol)) tem uma condução perfeita, e tem todas as paneleirices possíveis de imaginar, mas eu também sou suspeita, que não sei o que é um carro novo lol

já percorreu a arrábida, já fez umas curvas valentes, andou por estradas estreitas e o primeiro veiculo que ultrapassei com ele foi um tractor a 20km/h lolll

as viagens por esse pais fora nunca mais serão as mesmas, e sexta estreia-se nelas, a caminho dos algarves!

The Q-Day!

(pronto! acabou-se o suspense lol)
 

depois de 2 meses e 3 dias de espera...

 

cascas

encontro-me, neste preciso momento, sentada ao volante desta magnifica "besta", lado a lado com o meu fiel co-piloto (que também acumula as funções de marido, entre outras coisas). tenho cá para mim que vamos ser os três muito felizes!

 

agora me voy, que este menino vai comer asfalto, oh yeah!

Bem, que vergonha apanhei eu agora à porta do leroy merlin....

Curto e grosso: o fecho do lado do condutor está avariado há uns dias, recusa-se a abrir, e como já tinha dito há uns tempos, o marido partiu o fecho exterior do pendura.... logo, só nos resta uma alternativa para entrar no carro: o porta-bagagens!
Como se não bastasse já ser um bocado humilhante entrar pelo cú do carro, é também suspeito, cada vez que fazemos isso em "publico", há sempre olhares desconfiados e reprovadores..

Enfim, estávamos nós estacionados mesmo em frente à entrada do leroy, eram umas onze da noite, a loja estava a fechar e estava tudo a sair..
O marido tinha ido comprar um alicate universal e lembrou-se de tentar arranjar o fecho..

Depois de abrir um dos lados do painel da porta, encheu aquilo com WD40, sentou-se no banco de trás (onde eu estava), fechou a porta, pegou no alicate e pôs-se a sodomizar o trinco com uns movimentos repetitivos e muito bruscos...

....pra cima - pra baixo - pra cima - pra baixo - pra cima - pra baixo - pra cima ...

...e todo o carro abanava violentamente, só lhe faltava mesmo os vidros embaciados! Eu, enterrada no banco, afastada dele o mais que podia, espreitava timidamente pela janela, a ver as pessoas a passarem pelo carro e a olharem lá para dentro com ar desconfiado...que vergonha!!!

Bem aquilo lá ficou a funcionar outra vez, mas deve ser por pouco tempo...

Aos poucos chega-se lá!

Pronto, lá fui tratar do ultimo documento que me faltava actualizar a morada: a carta de condução! Isto, porque para tirar o cartão de residente para poder estacionar o carro nos parques da zona.

 

Isto é uma coisa que eu há muito que queria, e que eles se recusavam a dar aos moradores aqui da praça, mas foi preciso começarem as obras do metro para a malta da câmara ou da junta, tratar de arranjar cartões de moradores para toda a gente.

 

Então, vejam só a burrocracia que não é necessária para se tirar uma merda dum cartão para se poder ter o carro bem estacionado, sem pagar e/ou sem medo de que ele seja multado e/ou rebocado:


COMPROVATIVOS DE RESIDÊNCIA:


1. Carta de Condução (check - a guia da renovação também serve)

2. Título de eleitor ou de residência (Cartão de eleitor ou Atestado de Residência - emitidos pela Junta de Freguesia) (check - graças ao referendo, tratei do cartão de eleitor há uns meses)

3. Documento comprovativo de domícilio fiscal (Certidão de Domícilio Fiscal - emitida pela repartição fiscal do residente). (não sei o que é isto, mas algo me diz que em breve vou saber LOL)


COMPROVATIVOS DE PROPRIEDADE E HABILITAÇÃO DE CIRCULAÇÃO DO VEÍCULO:


1. Título de registo de propriedade do veículo (...); (check)

2. Certificado de Seguro; (check...quer dizer, se isto se referir à carta verde ou ao selo ou coisa assim...)

3. Selo de Imposto Municipal, se aplicável; (check)

4. Inspecção do veículo, quando exigível (caso o veículo tenha 4 anos ou +) (para tratar A.S.A.P.)

 

Mas há males que vêm por bem. Porque dá multa andar com uma carta de condução cuja morada está desactualizada (perguntei à funcionária da Loja do Cidadão, ela confirmou e acrescentou são no mínimo 60€ de multa), e eu já andava assim há mais de dois anos...

 

Por outro lado, já devia ter levado o carro à inspecção no mês passado (fez 15 anos e eu nem me lembrei, tadito lol), e para poder tirar o cartão, tenho que ter isso também em dia..e por acaso, também dá uma multa jeitosa. Esta malta que nunca mais aprende a tratar das coisas a tempos e horas :P

 

Mas até foi bastante rápido. Cheguei lá, comprei os formulários, preenchi-os, tirei uma fotocopia do BI, não apanhei filas nem esperei tempo nenhum, trataram-me da papelada num instante, arrotei 12€ (mais 0.70€ em papeis :P) e "daqui a três meses recebe a carta na morada indicada"...oh well, cá te espero!

Mulher prevenida vale por duas!

...sabiam que eu ando com um fogareiro no porta-bagagens do carro (praí desde Julho passado...)?

15 de Dezembro de 2006, às 00:54link do post comentar ver comentários (4)

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

de resto, é ler o blog :D

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

Bloglovin  follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.