Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

We... are... your friends...

Julho 23, 2012

a propósito da presença dos justice no alive, que nós passámos por uma porrada de motivos..

 

quando há uns anos atrás o marido conheceu a banda ficou doido, não havia muita coisa que se parecesse com aquela sinfonia explosiva que eles produziam, electro maximal aos ouvidos de um ex-metaleiro soa a mel. 

já eu andava numa fase em que não aceitava coisas novas de bom grado. já me tinham falado neles, mas na altura achei.. acriançado ( LOL - só ouvi a D.A.N.C.E., vá :D) então pus de parte. mas quando ele me apareceu com aquilo em casa e disse o que era, fiquei "whoa! isto é justice?!"

 

mesmo assim ainda levei algum tempo a habituar-me àqueles rugidos electrónicos distorcidos.. mas entranharam-se-me e não tardou muito até que os álbuns deles fizessem parte da nossa colecção. 

 

o  tem um som poderosíssimo mas agressivo pa cacete, não é para qualquer ocasião.. por exemplo, está proibido de tocar no carro a certas horas mas é obrigatório noutras. se me ponho a ouvi-lo quando estou no meio do trânsito fico com instintos homicidas, dá-me ganas de levar tudo à frente.. mas quando vou a cair de sono e não posso parar para descansar, aquilo é a minha salvação!

 

o a cross the universe (álbum ao vivo) faz-se acompanhar por um documentário sobre a tour norte americana que me deixou estupefacta. ao ver aquilo fiquei com a sensação de que os putos até tinham o que era preciso, mas aquele comportamento auto-destrutivo ia acabar com eles num instante.. vai daí ter ficado genuinamente surpreendida quando o civilization saiu, nem queria acreditar que aquele par de doidos tinha-se atinado e estava a compôr um álbum novo.

 

o audio, video, disco não tem metade da agressividade do primeiro mas não creio que tenham quebrado com o estilo, que aquilo transpira justice por todos os poros e tem o toque francês em todo o seu esplendor.. está é bem mais ligeirinho e com um pormenor brutal: parece aqueles moços que pegaram nas pás dum desfibrilhador e mandaram um choque no rock a ver se o traziam de volta. ouve-se por ali com cada malha sintetizada mais potente que eu sei lá, especialmente na new lands :D 

 

mas ao vivo é que a coisa falha.. puxei alguns live acts desta última tour e não achei nada de especial, falta-lhes "um bocadinho assim"..

As minhas 7 bandas favoritas e como as descobri!

Julho 06, 2007

Já que andamos numa de música (deve ser por causa do verão), reuni aquelas que são as minhas sete bandas favoritas, aquelas que oiço, e oiço, e oiço e não me consigo cansar :)

Thievery Corporation
Back in 2001, andava a passar uma música na rádio que estava a dar-me cabo da cabeça, a mim e ao marido (que nessa altura ainda não era nada disso). Ele tinha apanhado um bocado da letra, que era em francês, e eu fui pros foruns da antena3, chatear a malta a ver se alguém sabia do que se tratava. Tive a resposta umas horas depois: chamava-se Shadows of Ourselves, duns tais de Thievery Corporation...

Passados uns dias arranjei o The Mirror Conspiracy (o album que tinha a tal música) e foi amor à primeira vista!

Air
Em 1998, andava a passar uma música um bocado estranha na antena3, mas eu gostei dela desde a primeira vez que a ouvi, era diferente...mas nunca apanhei o nome. Gravei-a numa K7 que tinha sempre a jeito enfiada na aparelhagem para gravar as músicas que ouvia e gostava..

Na passagem de ano de 99-00, o marido (que na altura não era nada disso), trouxe uma carrada de CDs para se ouvir, e um deles tinha aquela música, que eu imediatamente quis saber de quem era: chamava-se Sexy Boy, e era duns tais de Air...

Ouvi o Moon Safari e foi amor à primeira vista!

The Chemical Brothers
Não me lembro bem, mas penso que apanhei um music video de uma pita que era vidrada em esqueletos, o video era genial e estava sempre a passar nos programas sobre música.. era demais! Chamava-se Hey Boy, Hey Girl e deixou a malta maluca!

Mais tarde ouvi os albuns deles que o marido tinha, e não me desiludiram! É a banda que gosto mais de ver/ouvir ao vivo..

Massive Attack
Algures na primeira metade dos anos 90, o meu pai comprou umas compilações de músicas que andavam a passar na altura. Numa dessas compilações havia uma musica, chamada Unfinished Sympathy, que foi a única música que gostei nesse CD (eram 2)..

Mais tarde, o marido emprestou-me os albuns que tinha deles, entre eles, o Mezzanine, o meu favorito!

Tosca
Final do ano lectivo de 2002, projecto de final de ano, Suzuki In Dub era só o que passava..veio de um colega muita marado, o "john holmes", o mesmo que me meteu nesta coisa dos blogs.

Fatboy Slim
Andava no 11º ano quando o "You've Come a Long Way, Baby" estourou. A malta andava toda maluca e eu não escapei!

Zero 7
Não tenho bem a certeza em que circunstâncias nos veio parar o Simple Things às mãos, mas creio que foi por sugestão de um amigo do marido. Foi amor à primeira vista!
O segundo concerto deles ao vivo desiludiu-me...

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: