Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Episódios da vida na aldeia V

Dezembro 21, 2012

quando no final de 2008 as obras do metro terminaram, metade da avenida afonso henriques e parte da nuno álvares pereira (as mais centrais de almada) ficaram com o trânsito condicionado devido à nova zona pedonal do centro da cidade, sendo apenas permitida a circulação de transportes públicos e veículos autorizados.

 

durantes os primeiros meses, a psp a controlava quem podia ou não passar e a malta não teve outro remédio se não respeitar aquilo. o centro acabou por perder trânsito, os engarrafamentos desapareceram (ou pelo menos deixaram de ser tão intensos), o ruído diminuiu ligeiramente..

mas isto de pouco servia a quem realmente importava: aos peões. a "zona pedonal" era uma ilusão, quando se passava por lá era bom que nos limitassemos ao passeio ou então arriscávamos ser atropelados pelos carros ou pelo metro.. jeitoso!

 

com o que a câmara não contava era que, ao condicionar o trânsito, em vez de trazer as pessoas ao centro, enxotava-as (que as pessoas só vão aonde o carro as leva). as lojas começaram a perder clientela e a fechar as portas, e com isto compraram uma guerra sem precedentes com os comerciantes.

 

entretanto os moradores e vistantes desesperavam com os percursos alternativos..

 

a mim era-me igual ao litro. devido à localização da garagem onde deixava o carro, não costumava utilizar as avenidas centrais com frequência.. mas também levei por tabela, pois o pessoal começou a engarrafar-se naquela que eu usava mais: a d. sancho. uma rua apertada, cheia de contornos manhosos, ladeada por escolas, infantários, centros médicos, pólos desportivos, etc.. resumindo: uma alternativa de merda e deixava moradores, condutores e demais utentes da via com os nervos em franja.. 

 

mas a policia foi deixando de controlar os acessos e a malta começou a arriscar, e a arriscar cada vez mais. às vezes entretinha-me a observar, da janela do quarto, quem tinha tomates para cruzar a afonso henriques até ao fim (existem passatempos piores, trust me :D). às tantas tornou-se "normal" circular por lá.

 

a "zona pedonal" tornou-se num transtorno também para mim, quando no inicio deste ano passámos a usar o carro para ir trabalhar e trocámos de garagem para uma mais próxima de casa. obrigava-me a dar voltas insanas para chegar ao centro sul.. uma perda de tempo brutal que me fez começar a arriscar atravessá-la.. se algum dia fosse agarrada, acartava com as consequências de bico calado e pronto. 

 

até que hoje, ao passar por lá, reparo que trocaram o sinal de trânsito proibido, por um aviso de prioridade aos peões e limite de velocidade...

 

WHOA!!

 

abriram oficialmente a zona ao trânsito, já se pode circular sem receios (excepto o de atropelar alguém, claro).. YAY!!

O dia em que Almada foi notícia..

Dezembro 07, 2010

tavamos nós  a almoçar quando reparamos no que se passava na tv. estava a dar um directo no jornal da sic onde se lia na legenda: "avião deixou cair peças em almada..."

 

WTF?

 

tentamos perceber, a muito custo, porque o cameraman teimava em só fazer close-ups na traseira de um dos carros sinistrados e na repórter e não deixava ver nada em redor, até que às tantas lá deu para perceber: era numa rua que utilizamos com frequência, quando vamos ou voltamos da garagem, qualquer coisa como a 300m de casa (em linha recta). mais tarde li nas noticias que houve peças que caíram numa outra rua, mesmo aqui ao lado..

houve alguns danos materiais, felizmente nada de muito grave. não passou de um valente susto, que por sorte não teve consequências piores..

 

não é coisa que me deixe particularmente descansada, viver debaixo de duas rotas aéreas tão movimentadas quanto estas... às vezes quando os vejo a aproximarem-se, pergunto-me qual será o dia em que aquilo dá em merda. hoje foram uns "destroços" (ou peças, segundo os jornalistas), mas nunca se sabe quando não será uma das turbinas, à lá donnie darko :P

adenda: segundo o i, houve bocados a cair na fonte luminosa..yep, mesmo à porta de casa..medo!

Quem é que andava hoje em testes, quem é?

Outubro 07, 2008

yep, finalmente vejo esta coisa a circular à minha porta!

mst mst mst

já era sem tempo... há ano e meio que andamos a penar com estas obras diabólicas à porta de casa. é que já estou pela raiz dos cabelos e é coisa para durar ainda mais dois meses.
quando isto terminar digo que é mentira...e depois SÓ espero que o serviço seja bom, pois eu faço intenções de usar desde o primeiro dia de funcionamento.

ah, e só espero que aquela campainha irritante não me vá trazer dissabores...
 

O mundo podia ter acabado ontem à noite e ninguém dava por isso!

Setembro 28, 2008

eram quatro e qualquer coisa da manhã. eu tava a editar fotos, sentadinha no sofá e o marido estava a dormir ao meu lado. entretanto ele acordou, e eu comecei a fazer um choradinho a ver se ele me fazia um leitinho com café, quando de repente oiço um estrondo seco, parecia que alguma coisa tinha caído no andar de cima ou no telhado. fico assustada e começo a perguntar ao marido se tinha ouvido e o que era aquilo, e seguem-se mais dois, que deram claramente para perceber que não vinham do prédio. pareciam explosões.
na rua, os alarmes dispararam. corro prás janelas. no lado de cacilhas, estava tudo normal, no lado de almada não havia luz. fora isso, não vi mais nada de anormal. não havia quase nuvens no céu, não podia ser ser trovoada, não vi fogo ou fumo, não vi movimentações estranhas, não vi pessoas na rua, e sem ser as sirenes dos alarmes, não se ouvia mais nada de anormal..

depois as luzes começaram a acender-se. as sirenes dos alarmes ainda soavam. e de repente almada voltou a ficar escura. e eu cada vez mais assustada. mas continuava a não ver nada de estranho. fiquei sentada na cama a olhar pra cidade.

dez minutos depois a cidade começa a apagar-se pela terceira vez, por secções, qual filme de hollywood. desta vez nem cacilhas escapou ao apagão, e por segundos a luz foi-se. passado alguns minutos reacenderam-se. na rua, notava-se um ligeiro aumento de movimentação de carros e pessoas, mas não de estranho. parecia que estava tudo normal. até que a ultima sirene calou-se.

as tantas fui dormir, ainda um bocado assustada, pois aquela historia tinha sido muito marada. hoje de manhã, procurei por notícias, e nada, parece que não aconteceu nada...só que eu não me consigo parar de me perguntar que raio foram aqueles estrondos, e porque raio a electricidade se foi abaixo três vezes às quatro da manhã, sem motivo aparente....

Hell is upon us!

Janeiro 25, 2007

As obras do "metro" vão finalmente começar ("só" levam 2 anos de atraso) aqui na zona. Quando na segunda-feira passada vi movimentações em toda a avenida adivinhei logo o que estava para vir.

 

Entretanto já marcaram o traçado da linha do metro e já começaram a escavar as ruas. É daquelas coisas que nós sabíamos que estavam para acontecer mas nem por isso estávamos desejosos...antes pelo contrário!

 

No jornal da região de Almada desta semana, vem um artigo sobre o assunto, diz que as obras começam agora em Fevereiro e acabam lá para Outubro..e isto se não haver atrasos. Dizem que dos nove meses que as obras vão durar, os 5 primeiros vão ser os mais difíceis, eu cá nem quero imaginar..

Se há coisa que detesto é obras na via publica..eu sei, eu sei que elas são necessárias, mas o transtonro que causam é brutal. Neste caso do metro vai ser caótico: dos 1400 lugares de estacionamento que existem na zona, cerca de 1000 vão ser suprimidos.

Ora, acho que já falei aqui montes de vezes sobre os problemas da zona em termos de estacionamento, e agora, agora é que vai ser lindo! Eles dão alternativas, mas é tudo longe e alguns são pagos. Nos proximos meses, estacionamento só no cú de judas...

 

As obras do metro já duram há anos e têm feito a vida negra a muita gente, só espero que o gajo venha a ser mesmo útil, pa compensar o transtorno que tem provocado à malta do concelho.. O marido, almadense born and raised, tem um fetiche pela fonte que está na nossa praça, e que vai desaparecer com as obras nos próximos meses. Essa fonte que serviu de baptismo a milhares de caloiros da FCT ao longo dos anos, está condenada.

Ele diz que não a quer deixar morrer sem se amandar lá para dentro. Não importa se estamos no inverno, ele já prometeu que da próxima vez que ela for limpa, que corre lá abaixo, e atira-se lá para dentro vestido e tudo!

 

Cá estarei para documentar o banho furtivo! Mas se ele não se despacha, ainda se lixa...

...

Junho 12, 2003

Ontem não postei nada, pois saí do estágio e fui ver se marcava uma consulta ao oftalmologista em Almada. Não quero ir a uma consulta num oclista, pois ele não me vão conseguir resolver isto como deve ser, pois além desta treta que surgiu na sexta, já tinha aqui outra coisa, que precisa ser vista, por isso, fui tentar a Clinica da Bica, pois eles supostamente davam consultas disso.
Quando perguntei, a resposta foi "Já não temos isso!", depois dirigi-me ao Centro de Saúde, a ver se me safava. Por acaso ele até têm disso, mas segundo as regras, precisava de uma credencial do médico de familia...mas como o meu médico de familia fica em Lagos, eu não podia ter isso a tempo da consulta, que era no dia 16.. Tretas...mas antes de saber que os médicos de lá não podiam fazer isso, ainda me marcaram uma consulta e só quando finalmente fui recebida pelo médico, é que soube que não me podiam passar lá a tal credencial...eu cá axo que é má vontade....e o que mais me xateou foi o tempo perdido, pois se a tipa que estava a marcar as consultas me tivesse dito, eu nem tinha ido lá perder o meu tempo....enfim...as burocracias do sistem de saúde do meu querido Portugal....

Quase me esquecia a contar o que fiz no feriado, que não foi nada de especial, mas há coisa é digna de nota. Fui ao Parque da Paz, em Almada. Nunca tinha lá ido...e fiquei de boca aberta com as maravilhas que ia descobrindo por lá. Aquilo é um verdadeiro oasis na cidade. Com montes de fontes, flores, relva, espaço com fartura para o pessoal descansar, fazer piqueniques com a familia e amigos..uma maravilha...
Recomendo uma visita demorada neste parque, pois vai valer a pena..para mim, passou a constar no roteiro de passeios :))

Estágio_7º dia
Não fiz a ponta d'um corno....Parece que o chefão ficou doente e ninguém sabia se havia trabalho para nós, para além do site, que eu tenho estado a desenvolver...

Estágio_8º dia
Idem idem, aspas aspas...

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: