Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

Meto-me em cada uma

Fevereiro 12, 2014

aí há uns tempos fomos ao dolce vita tejo e enquanto morfava na zona do food court, reparei numa cena que a minha sobrinha mais velha não se cansa de falar, a kidzania. tirei uma foto e enviei à mãe, a fazer pirraça :D

[universo: tás *tão* a pedi-las!]

semanas depois, a mãe (aka sis) decide vir passear a petiza à capital, para levá-la lá. acontece que nesse dia, o homem, que normalmente tem paciência para estas coisas, tava todo moído e com dor de cabeça por causa dos abusos que tem andado a fazer e a sis queria ia doar sangue na walking dead blood store. restava eu.. pois.. enchi-me de coragem and took one for the team..

mal pus as patas lá dentro, vi-me num autêntico cenário apocalíptico. fui buscar o queixo ao chão e tentei não ter um ataque de pânico: criançada por todos os lados que me virasse, num basqueiro tremendo. corriam, saltavam, berravam, sei lá eu.. pareciam possuídas por um demónio qualquer. mas aondé que eu tinha ido enfiar-me?? god, have mercy on me.. iniciei um chat no whatsapp para ir relatando os detalhes sórdidos da minha provação ao homem e à sis.. sempre ajudava a passar o tempo..

a miúda já conhecia os cantos à casa e sabia o que é que queria fazer primeiro: "tirar a carta". já a tirado antes mas perdeu-a e queria uma nova. tão foi levantar o "cheque" que lhe deram à entrada e começou a correr o recinto à procura da escola de condução, e eu a correr atrás dela..
depois da aula ter começado, reparei que aquilo ia demorar 20 minutos. decidi aproveitar esse tempo para ir dar uma volta de reconhecimento. 

achei o espaço muito bem amanhado e giro como tudo. os putos têm actividades que nunca mais acabam e os pais, se não tiverem para andar atrás deles, podem-se ir enfiar na lounge dos adultos, abastecida de PCs com ligação à net, cinema e café, que os filhos não vão a lado nenhum (ou então nem precisam de calçar lá sequer, que a partir dos 8 anos os putos podem ficar por conta própria.. daí o rácio de crianças/adultos ser claramente superior).

demorei-me mais do que o suposto e quando voltei à escola de condução, encontrei-a vazia. não me teria preocupado se não tivesse no bolso o "guito" que ela precisava para participar em algumas actividades. infelizmente encontrei-a antes de conseguir usar o engenho que eles têm para detectar as crianças no recinto.

para além de ter andado a correr de um lado para o outro, sem conseguir decidir o que é que havia de fazer a seguir, foi às compras, trabalhou nas urgências do INEM, conduziu um carro num circuito, pintou umas paredes, aprendeu a fazer gelados, entre outras coisas.. e assim se passou a tarde.


in the end, sobrevivi àquelas três horas e meia sem ter sofrido nenhum colapso nervoso e ela divertiu-se à grande. fiquei foi na dúvida sobre quem teria apanhado maior seca, se eu, se ela. eu até consegui levar aquilo na desportiva (gráces òmé semart'fóne), mas a miúda encheu a barriga de esperar pelo início das actividades. saiu de lá tão cansada, que mal chegou a casa arriou logo :D

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D