Catnapper

no outro dia tive vai não vai para cometer um crime. a sério que tive..

fiquei tentada a raptar um gato. juro, com muita vergonha na cara.. mais confesso, que ainda estou na dúvida se não devia ter deitado as unhas ao bichano.

noite cerrada, seguia numa estrada numa zona rural próxima do quintal, quando vejo três cães XS a vir de um lado da estrada e uma bola de pêlo cinzenta muito calmamente a vir do outro. juntaram-se os quatro em amena cavaqueira no meio da estrada, e a isa teve que travar.

liguei os quatro piscas e esperei que os moços levassem a conversa para outras bandas. mas não. ficaram ali plantados. o gatito era tão fofo, tão fooooofo que fazia doer a alma. comecei logo a ganir.

mas.. mas.. mas, quem raios deixa um gato daqueles sair à rua assim, capaz de ficar debaixo dum carro!! ou de aparecer uma pessoa com menos princípios que eu, e roubá-lo??

às tantas o homem saiu do carro para correr com a canalha do meio da estrada. como nenhum dos bixos pareceu incomodado com a presença dele, aproveitou para deitar as mãos ao gato. pensei que se ia assustar e dar de frosques, mas deixou-se pegar. era tão pachorrento que não se mexia nas mãos do homem.

o homem tava todo derretido com a bola de pêlo, e eu continuava a ganir e aos saltos dentro do carro. trouxe-o até mim. era um persa cinza, de olhos enormes e amarelos, praí com uns três meses. lindo, lindo, lindo. e o pêlo era tão foooooooooooofo.. zomg, zomg, waaaaaaaaant!!!

a sério.. senti-me TÃO tentada a sacá-lo das mãos do homem, atirá-lo para dentro do carro, e arrancar a todo o vapor que nem vos passa p'la cabeça..

foi um desconsolo ver o homem a afastar-se com aquela bola de pêlo adorável, e levá-lo de volta à propriedade de onde tinha saído. as miniaturas de cão seguiram atrás. eu gani até casa.

cá para mim o universo anda a mandar-me mensagens subliminares.. cheira-me que vou ter outro gato não tarda nada hi hi hi

11 de Setembro de 2018, às 22:05link do post comentar