Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

Bife de Atum

Março 05, 2016

pessoas que gostam de comida simples, mas ultra-saborosa, cheguem-se a mim que eu partilho uns segredos.


bife de atum grelhado com batata-doce, cenoura e grelos salteados. este repasto não pode ser mais simples e fácil de preparar, certo? mas para sair realmente delicioso, precisa de algum empenho. bora nessa!

não vale ir ao supermercado, lamento, o supermercado está off-limits se é sabor que estamos a perseguir. toca de meter a preguiça de parte e ir ao mercado.

começo sempre com uma volta de reconhecimento demorada, para tentar perceber quem vende os melhores produtos.

batatas-doces há muitas, mas nem todas são realmente saborosas. nesta altura ainda se vai encontrando da boa, que vem ali dos solos arenosos de aljezur. ando sempre à cata dela porque sei que é a melhor em termos de sabor. é relativamente fácil identificá-la: pequena, bastante roxa, costuma estar coberta por um pó escuro, e com formas que fazem lembrar cagalhotos. não há como enganar, em ultimo caso podemos confirmar sempre com o vendedor. btw, a melhor forma de cozinhar esta batata é assá-la com casca no forno, fica parece caramelo, dooooce e gulosa.

cenouras. procurem uma alma que as venda tão frescas que ainda tenham a rama, é sinal que saiu da terra à pouco tempo. esta cenoura cheira e sabe brutalmente bem. é mais cara, mas uma vez por outra, é um luxo que me dou com gosto.

grelos de nabo. procurem-nos bem frescos e vivaços, já preparados para cozinhar (sem o talo).

atum. NEM PENSEM EM COMPRAR BIFES DE ATUM CONGELADOS!! a sério.. é do pior que há, sola de sapato garantida! atum não é um peixe difícil de encontrar fresco no mercado, mas é preciso ter olho para ele. se tiver um tom acastanhado e macilento, é passar à frente. a carne do melhor atum tem um tom vermelho profundo, ligeiramente rosado, luzidio, e com as secções bem definidas e sem fios. peçam um corte com cerca de 2 cm.

esse da foto custou-me um rim, mas nunca provei atum (cozinhado) TÃO BOM! por momentos achei que tinha sido intrujada, mas não foi o caso :)

agora... TO THE KITCHEN!!!

lavar e enxugar cuidadosamente o atum. tempera-se com sal marinho, pimenta preta moída no momento, ervas finas, e sumo de limão (o limão também veio do mercado, btw). deixa-lo marinar uns momentos enquanto preparamos o acompanhamento.

numa panela de cozinhar a vapor, mete-se as batatas, as cenouras e os grelos.

ao lado vai-se aquecendo uma frigideira, com um fio de azeite e dois alhos fatiados. deixar os alhos começarem a fritar. assim que os grelos estiverem meio cozinhados, tira-se da panela de vapor e salteia-se nesta frigideira. temperar com sal e pimenta moída no momento, e se necessário, mais um bocadinho de azeite.

quando os vegetais estiverem prontos, é hora de meter uma chapa a aquecer no maior bico do fogão, com um bocadinho de azeite (tenho um pulverizador para estas coisas). assim que estiver bem quente, grelha-se o naco de atum. o atum não precisa de muito tempo, apenas uns (3 ou 4) minutos de cada lado. ir controlado como está o interior, queremos manter um tom rosado. não o queremos demasiado passado se não, o jantar vai ser sola de sapato. assim que estiver grelhado, termina-se com um nadinha de manteiga e sumo de limão por cima.

servir asap!

3 comentários

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D