Só lamentos...

Não escrevo desde terça-feira..culpa da perguiça que habita dentro de mim..é triste, eu sei...

Anyway, na quarta fiz a melhoria a matemática, para ver se tiro uma nota decente.. À tarde, mais 4 horas de seca de Maya...oh detesto Maya...oh detesto sintese 3D...

Apareceu-me mais uma complicação nos dentes..estes dentes de merda...devem-me ter rogado uma praga à nascença do tipo "os teus dentes nunca te hão de dar descanso"... Tinha um pavor terrivel a dentistas (e ainda tenho..) e ando metida constantemente neles desde os meus 11 anos, altura em que fui mesmo obrigada a ir, pois levei uma valente pancada na boca (com um taco de baseball), que me custou as dentuças de coelho que tinha..e eles andam-me a dizer que está na altura...são demasiado frageis, os desgraçados, e deve ser ser herditário, pois toda a familia tem esse problema...enfim..

Já ganhei o dia! A hora acabou de recuar uma hora!

Acordei sozinha na quinta..já não tou habituada..o Gato saiu de casa rumo a Coimbra, para uma especie de conferencia/exposição chamada "Ser Pro" (meio mal amanhada segundo o Gato) onde ele ia falar sobre a experiencia dele no ensino profissional. Acho que safou-se bem..aliás, ele safa-se sempre bem! :)

Não fiz grande coisa à tarde, pois a dor nos dentes estava assim pro insuportavel..o Gato veio cedo e depois fomos ouvir más noticias.. Fomos avisados que ia haver uma reunião de condominio, a qual ele disse logo que não ia...mas vai!
Tudo porque um belo de um anormal que comprou uma andar abaixo fez obras...mal feitas (segundo se sabe, deitou abaixo uma das paredes-mestras da casa)!
E segundo a carta, colocou o prédio em risco, pelo que poderia ter que ser evacuado..querem ver, outro revés na nossa vida, que nunca mais ata nem desata...se bem que estou a rezar que eles estejam a ser alarmistas e que não seja nada de mal..pois senão, estamos em maus lençois..

Cronologia dos atrasos com a casa, que já devia estar com as obras quase acabadas!

- Em Junho, o empreiteiro foi ao apartamento para fazer o orçamento.
- Em Julho o Gato começou a ir tratar de saber como era dos emprestimos
- No fim de Julho e FINALMENTE, o empreiteiro deu o orçamento ao Gato.
- Em Agosto esteve no banco e tratou de toda a papelada que tinha que levar da casa, como em Agosto está tudo de férias, os serviços andam a meio-gás..
- No fim de Agosto, o gajo (o gerente do banco, alto, alto atrofiado) entra de ferias e não adianta levar os papeis.
- Em Setembro o Gato leva os papeis todos, às mijinhas, pois havia sempre algo que faltava ou tava mal (o gajo é alta bronco mesmo..esta sempre a alterar tudo, e não para quieto, o que me faz alta impressão)..
- Ainda em setembro, recebe uma chamada a confirmar algo e dizer-lhe que as coisas vão finalmente andar, pois já foram entregues..prazo: uma semana e meia para saber..
- Em Outubro, e já avançadote, recebe uma chamada do banco a pedir mil desculpas, pois o processo tinha sido entrgue a uma pessoa que entertanto tinha metido baixa e a cena estava completamente parada..
- O condominio avisa que vai haver reunião extraordinaria..razão: O predio poderá que ter que ser evacuado!
- Hoje ficou a saber que a avaliação era hoje...não deu para ir, pois estava a a quase 300km de Almada..

O que eu prevejo...

- Na pior das hipóteses, o prédio tem mesmo que ser evacuado e entra em obras de restauro, se possivel, o que nos vai atrazar e custar bué..
- O predio afinal não esta assim tão mau, mas eles ficam de pé atrás com a possiblidade de irmos fazer obras de restauro, e não querem permitir (o Gato vai a lua e volta se lhe dizem isto..)
- Na melhor das hipoteses, o gajo mete la a parede outra vez, responsabliza o empreiteiro que lhe fez as obras e fica tudo bem...era bom *sigh*

De qualquer modo, tanto a cena do emprestimo, como do prédio ainda vão dar muito, muito que preocupar..e o Gato começa a desanimar..

Estou prestes a juntar-me ao Gato (em idade ^^), acho que já tenho mais do que idade para ter juizo e acho que já estou a ficar demasiado velha para ainda não estar a fazer nada de jeito..ainda estudo, ainda não tenho casa própria, nem carreira, embora para lá caminhe..sim, sou daquelas que gostava de assentar(como deve de ser) bem novita.
Não levo uma vida má nem nada que se pareça, só acho é que ja tenho idade suficiente para me fazer à vida.. 

26 de Outubro de 2003, às 01:40link do post comentar