Tinha que ser, tinha que ser!

O nosso querido chasso fez-nos a parte...depois de ter vindo o caminho todo a ver acidentes, carros parados na berma das estradas, ele decidiu experimentar como seria parar, deixar-nos apeados, mesmo às portas de Almada.
Dizem que há sempre uma primeira vez para tudo, e há mesmo! Vinha tudo bem, a temperatura, combustível, nível de óleo, água, essas merdas todas, mas o gajo da assistência da Brisa, que andava por alí perto, disse que quase de certeza que era a correia de distribuição..bem, e como ele não se mexia mesmo, tivemos que telefonar para a assistência em viagem, que por incrível que pareça, funcionou, e passados 20 mn (menos 10 que tinham dito que ia demorar) estavam lá um reboque e um taxi para nos ir levar a casa, sem pagar nada por isso.
Entretanto o marido telefonou para o mecânico, que disse que ia ficar à espera do reboque para abrir o portão da "loja". Menos mal, porque supostamente ele tinha que ficar num deposito qualquer à espera que os mecânicos abrissem na segunda.
Só esperamos agora é que não seja nada de grave, tipo o motor ter pifado, porque não podemos ficar sem carro, caraças...

Bem..mas pode-se dizer que foi um regresso a casa fora do habitual..é bom para quebrar a rotina...LOL!

Mas este fim-de-semana que passou foi todo ele muito marado..
Começando pela sexta..quando o marido chegou, pelas oito e meia, estava eu a cozer um crise de dentes. Como a minha "linda" boquinha nunca me dá descanso, voltei a ter problemas com o dente que supostamente já devia estar arranjado..é o que é dá ter aversão a dentistas..e só saber que eles existem quando os cabrões dos dentes me doem.
Jantamos, andamos a preguiçar, arrumamos as tretas e quando saímos de casa era umas duas e meia da manhã, e ainda tínhamos que passar por azeitão-city para levar um automatismo que o marido ia montar mais o meu pai. Paramos para abastecer por volta as 3. Nessa hora tomei um clonix, que o dentista da outra vez tinha dito pa tomar quando isto estivesse mal, que era para não ir a conduzir com dores. Chegamos eram seis e meia. Tudo fixe.
Ah, é verdade, cometi uma ilegalidade, não conduzi com álcool... mas conduzi durante duas horas com os phones nos ouvidos lol

No sábado, quando acordei estava com dores no peito, e mal disposta. Tava a ver a coisa complicada..depois passou-me e fiquei uma umas dores de estômago um bocado esquisitas, que duraram até ontem à noite, e claro, não quis arriscar a tomar mais nada para piorar o estômago (o clonix fode o estômago todo...), vá de gramar com a dorzinha de dentes todo o santo fim-de-semana....melhor, doi-me o lado direito todo da cabeça, vá lá que são do tipo que vão e voltam, sempre tenho uns minutos de folga.
Entretanto, fui mais o marido fazer uma visitinha à minha mamã, que está a fazer o turno da madrugada. Ela mediu-me a tensão e tá boa. Menos mal!

No domingo acordei muito mal. Tinha que ir votar e vir para cima a correr que o marido também tinha que votar. Mas tava mesmo, mesmo mal, doía-me tudo, e estva muito fraca. Lá tomei o pequeno almoço, e depois lá ganhei coragem para vir.
Ate fiz a viagem mais ou menos bem, e ia com tempo suficiente para o marido chegar a horas de apanhar aquilo aberto, para votar também, mas depois aconteceu-nos aquela merda com o carro..

..logo hoje, que tenho que ir carimbar a garantia do iPod..GAAAH!!

E pronto, lá se passou mais um fim-de-semana de merda, que em vez de irmos para Barcelona, quisemos ficar cá para cumprir com as nossas obrigações..

A minha mana arranjou uma gatinha muita maluca, toda branca, muito muito querida. Alta mimada, que levou o fim de semana todo de volta do furas, sempre a bufar-lhe lol
E por falar nele, o meu mocinho hoje era para ter ido dar sangue a uma furanita que estava muito mal, mas acabou por não ir porque infelizmente ela não sobreviveu :´(
    10 de Outubro de 2005, às 10:15link do post comentar