Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

...

Junho 11, 2005

Pois foi. O Paulo estava com desejos de uma sardinhada, e telefonou cá à "fada do lar" a ver se dava para se fazer qualquer coisa pó dia seguinte (quinta-feira). Claro que eu gostei da ideia, tratei logo de planear a coisa.
No dia seguinte fui ao Jumbo ao peixe (não me dei levantado a tempo de apanhar a praça aberta :P). Trouxe 3 carapauzorros, e meio quilo de sardinhas (que eu só espenico uma ou duas lol). Pimentos, pepinos, tomates, alfaces, cebolas, fruta, oregõs, pão, colas.

Quando eles chegaram a casa por volta das dez da noite, preparei o peixe, e enquanto cozia as batatas e fazia as saladas, o marido assou os pimentos e o peixe. Pouco passava das onze e já tava tudo na mesa (que era demasiado pequena para tanta coisa loll)
Peixe, salada de agua, salada verde, pimento assado, batatas cozidas com pele (mas batata a serio, cultivada pelo meu avozinho, batatas com esta qualidade são raras hoje em dia lolll), e cola geladinha.
Bem, comemos que nos fartamos, eu fui a primeira a parar, pois já não podia mais, mas ainda arranjei espaço para as belas das cerejas que o Paulo trouxe lá da quinta da tia dele, no Fundão. Que bela patuscada!

Por acaso adoro estas cenas, a malta junta-se, conversa como nos bons velhos tempos lol, enche-se, e é só galhofa hi hi hi

Bem, depois da jantarada, arrumei tudo o que havia para arrumar, peguei nas cenas, e ala pós algarves, para umas mini-ferias, já que o marido tem a segunda livre.
Já passavam das duas e meia da manha quando nos fizemos à estrada, e ainda paramos em Palmela para a cafezada, e abastecer, claro.
Como vinha nas calmas (nunca subi acima dos 100km/h, nem parece meu loll), chegamos cá por volta das seis da manha, já era dia.

Depois decidi mostrar um sitio que gosto muito, ao marido, mas tive azar, que o que antes era uma espécie de santuário quase natural (tinha nascentes de agua, uma espécie de piscina, com uma ponte de madeira, e um velho moinho de água), agora está transformado em ponto de interesse turístico, a até bailes se fazem lá. Falo do sitio das Fontes, perto de Estombar.
A primeira vez que lá fui, à uns 18 anos, aquilo era lindo, agora é um cenário triste de se ver....é por estas e por outras que não gosto do Algarve, ou no que o Algarve se transformou...uma espécie de puta, que se só pensa em agradar à cliententela, e não vê meios para atingir isso, o que inclui arruinar até as coisas mais simples e bonitas...
E o transito que lá estava??? Nem dava para estacionar...e levamos quase meia-hora para sair de lá, porque a estrada, que só lá cabe um carro, entupiu por completo...axo que nunca mais lá volto... :((((

Depois de sair de lá, fui levar o marido a outro sitio que gosto, a ria de Alvor (que para ele não dizer que casou com uma algarvia e não conhece o algarve lolll).
A maré tava cheia, e tava-se bem. É um sitio bastante agradável :) Havemos de lá voltar, mas com a maré vazia hi hi hi

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D