Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

Odeceixe!

Agosto 29, 2012

é um sitio que fica no "limbo": demasiado longe para ir de fim-de-semana porque são necessárias duas horas e meia para lá chegar, e demasiado longe para visitar quanto estamos de fim-de-semana na terrinha.. vai daí, à excepção de um ou outro dia de praia quando andamos pelas redondezas, não é sítio que costumemos frequentar.

 

depois de dois dias a vagabundear entre a praia do carvalhal e a zambujeira, mudámo-nos para lá, que o marido adora a praia eu andava maluca para voltar a "acampar" na margem do rio. então à noitinha, antes de assentarmos arraiais, fomos até à vila dar a volta de reconhecimento e morder o ambiente.

 

quando era miúda ia lá muito com os meus pais, mas já não me lembrava de nada aquilo.. a julgar pela quantidade de carros estacionados junto à estrada e pela dificuldade em encontrar sítio para deixar o nosso, aquilo parecia ser um destino bastante concorrido.. 

 

odeceixe é um *bocadinho* labiríntica. tomámos uma rua ao calhas e começamos a subir. não se via vivalma. subimos, subimos, subimos e nada.. 

aquilo já me estava a fazer confusão. tão.. uma porrada de carros lá embaixo e não se via ninguém por ali? ondé que estavam as pessoas, os restaurantes e as lojas? seria aquilo uma espécie de dormitório veraneio?

 

quando chegámos à igreja decidimos começar a descer.. à medida que íamos descendo em direcção à zona mais central, começou-se a notar um burburinho, que aumentava cada vez mais. até que às tantas...

 

... a vida explodiu nas ruas!

 

restaurantes, bares, pastelarias, pensões, lojas, e gente.. MONTES de gente. finalmente!!

da estrada não se vê nada daquilo. ficámos mesmo surpreendidos lol

 

nessa noite andámos que nos fartamos. é mesmo um sitio muito giro, quase nem parece ser algarvio. casinhas arranjadas, bem aconchegadas, ruas limpas, comércio e alojamento concentrados na mesma zona, nada de muito espalhafatoso. apetecia estar por ali.

 

nos dias seguintes jantamos por lá, naquele que nos pareceu o melhor restaurante das redondezas, o chaparro. tava sempre a deitar por fora, listas de espera e tudo, mas quando nos sentávamos, éramos servidos com uma rapidez impressionante. a comida era à maneira e o preço em conta!

 

a praia!

Untitled

 

a praia de odeceixe é a típica praia da costa sudoeste: ar selvagem devido às falésias e ao mar revolto. apesar disso, é abrigada e bastante agradável.. e enorme. é também bastante concorrida, mas parece nunca encher realmente.

 

..e depois há o rio (ou ribeira), uma excelente alternativa para quem quer tomar banho e receia a ondulação. à maré cheia, transforma-se numa piscina gigantesca, com uma corrente que oferece horas de diversão. os putos então, passam-se!

o meu maior desgosto foi não ter uma canoa, mas fomos ao chinês buscar um colchão de ar que se revelou num excelente investimento.. mas isso fica para outro post :D

Untitled Untitled Untitled skimming Untitled Untitled 

1 comentário

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D