Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

O regresso e a desilusão...

Setembro 20, 2008

SPOILER ALERT!

sigo house desde o final de 2005, quando a série começou a ser emitida no fox. bastaram dois ou três episódios para me tornar fã incondicional, e desde então, que não tenho perdido um único episódio, e já os vi praticamente todos mais do que uma vez (graças à programação repetitiva do fox :P)..

adorei as duas primeiras seasons, mas a terceira deixou-me com um sabor amargo na boca, a história do policia foi longe demais, assim como as rescisões em massa no final.

a quarta foi diferente. já sabíamos que íamos ter caras novas e até foi divertido, pois tivemos grandes momentos de humor. acontece que devido a isso, tiraram de cena as outras personagens que eu tanto gostava. em vez de terem papeis à sua altura, não, foram postos completamente de parte, pelo menos duas delas, cujas aparições eram tão raras que me partia o coração. parecia que apenas estavam ali por piedade...levei os episódios todos na esperança que isso levasse uma volta, mas não, não me fizeram a vontade. fiquei desiludia com essa season, apesar do excelente final a que a que teve direito.

a quinta já se sabia que ia começar com a amizade entre o house e o wilson tremida, mas bolas, podiam ter conciliado as coisas de uma forma melhozinha... quando se leva 4 meses à espera que uma série recomece, cria-se um certo nível de expectativa, ainda por cima, quando essa série já nos habituou a grandes finais e grandes recomeços. este foi de longe, um episódio genial..

o house andou o episódio todo com a cabeça no ar, teve-se completamente nas tintas para a paciente, deixando-a entregue à equipa, que apesar de ser outra, tem exactamente o mesmo M.O. que a antiga, cada um tem uma ideia e não se sabem coordenar, parece que não sabem o que andam a fazer (tipo, se foi para isto, mais valia termos ficado com a outra, não?) e chega ao fim do episódio, olha pro decote da cuddy e *puf*, tem uma epifania: a paciente sofre de lepra. just like that. sem contra-argumentos, sem decisões arriscadas, sem terapias esquisitas...

ainda por cima quando estamos fartos de saber que nem tudo o que ele diz ou faz está certo, e que, geralmente, o primeiro diagnostico que lhe vem à cabeça está errado...

...e não me venham falar de character development que o house amuado pelo wilson decidir que tem que se afastar só porque perdeu a namorada não lhe dá grande crédito... bem, ao menos o wilson meteu cá para fora aquilo que já devia ter metido desde a primeira season...

a sério, esperava muito mais que isto... espero que os próximos episódios compensem...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D