Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lost in wonderland

lost in wonderland

Merdices

Março 16, 2005

Hoje fui acordada por um telefonema no mínimo, estranho..Primeiro perguntaram-me de onde estava a falar, ao que eu respondi que não sabia o numero de cor, mas que era de Almada. Depois a pessoa perguntou se não era em tal sitio (a localização do meu prédio), e eu disse que sim, depois perguntou-me se a fracção x (a minha morada) já estava a ser habitada, e eu disse que sim, depois identificou-se como sendo uma pessoa deste prédio, e perguntou-me ainda se tínhamos crianças. Depois disse que não era nada de mal e que logo falava connosco.

Eu deduzo que seja uma "certa" vizinha, que vive dois andares abaixo, e que tem "certos" problemas com o ruído, e deve andar à procura de bode expiatório, dado que ela já não deve brincar com a vizinha que está acima dela (além de lhe estar sempre a bater no tecto com a vassoura, já lhe mandou a bófia lá a casa duas vezes, quando a pessoa já é idosa e vive sozinha), e já cá veio chatear e tb mandou a bófia, quando ainda estávamos a braços com as obras.

O que eu acho surpreendente é a descaração da mulher em ir à procura do numero de telefone e telefonar para cá, quando se queria molho, subia a merda dos dois andares e vinha tirar a coisa a limpo e na cara, coisa que ela não é muito boa a fazer, pois quando vem reclamar do barulho, diz sempre que foi outro vizinho que a mandou. Se eu não estivesse atordoada pelo sono, tinha aproveitado para lhe perguntar, que pessoa, no seu perfeito juízo, que morava no mesmo prédio que eu, estava com aquelas merdas..
Ela provavelmente deve-me ouvir à noite, quando há mais silêncio, a falar com o furas como se ele fosse um bebé (tipo: "coisa mai linda", "fofinho", "pocalhão, és um pocalhão mal-cheiroso", "anda cá, anda", ...), pois o prédio é antigo e insonorizarão é coisa que falta, eu bem me lembra de a ouvir aqui, tinha levado na orelhas da outra vizinha e estava histérica aos berros, e na cozinha, devido às saídas de ar e chaminés, o som propaga-se bem.

O marido é que fala bem com ela. Se ela vir cá um dia destes com merdas, e ele tar cá em casa, vai desejar não tivesse subido. Já levou bem nas orelhas uma vez (o marido topou que ela se estava a "esconder" por de trás da desculpa do vizinho e chamou-lhe de tudo), pode vir a levar uma segunda, vaca do car***!!

ODEIO VIZINHOS MERDOSOS! É o único senão de viver num prédio...

6 comentários

Comentar post

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D