Isa dá corda aos sapatos

no ano passado, depois de ter desistido pela milésima vez da ideia de ir para o ginásio - por saber o que a casa gasta, que é pagar e não assentar lá o coiro, decidi fazer aquilo que todàgente anda(va) a fazer: correr.. ha ha ha QUE PIADÃO!!

eu, que corria uma dúzia de metros e ficava logo para vomitar um pulmão. para além de que não era actividade que me agradasse, tipo, NADA!!

tão em abril, comecei o programa C25K, fosse o que o senhor que está em todàparte quisesse. com tanta história de sucesso havia ali uma luzinha ao fundo do túnel...... e o que eu julgava impossível tornou-se realidade ao fim de 3 meses de sofrimento e aprendizagem. só que em setembro levei o ténis a passear pela última vez, quando já andava a namorar os 7km. um estúpido desperdício de esforço e dedicação.

anyway, no fim de maio voltei à carga, depois de se me terem esgotado as desculpas. para meu grande espanto (e alivio), não foi preciso (re)começar do 0.
neste momento estou estacionada nos 5 kms até atingir o meu objectivo, que é fazê-los confortavelmente em 30 minutos.

claro que a coisa ainda não é pacifica. apesar de levar o dia todo com vontade (vicio estranho, esse da corrida), na hora H ainda travo umas lutas interessantes comigo mesma. é mais ou menos isto:

1km
tá friiiioo crl!! devias ter trazido o corta-vento, sua tóina!!
vá, nada de distracções, atina mazé essa respiração.. e não vás muito rápido para não te cansares logo!!

2km
foste. demasiado. rápido. sua lambona. eu avisei!! agora estás a perder o controlo da respiração, e para ajudar à festa tens os gémeos a arder.. e olha-me esse arroto que vem a subir a goela, vê lá se não traz brinde.

fdx se esta merda custa pa cacete, devo ser masoquista.. estava tão bem no sofá, agarrada ao portátil.. arrrgh inspira, expira, inspira, expira... ao menos já não sinto frio yay

3km
das duas uma: ou tens mão duma vez por todas nessa respiração, ou vais-te f*der com dor de burro, e vais ter que parar.. olha ela a dar de si.. nope, nope, nope, NOPE!!

ahhh assim tá melhor!!

4km
opá, não sei porquê tanto drama, isto é brutal. segurem-me, que tou capaz de ir até ao fim do mundo!!!

5km
ou então não.. acho que se dou mais um passo, caio pró lado :D

definitivamente, tenho que trabalhar aquele segundo km...

25 de Junho de 2015, às 21:44link do post comentar

Não há salvação prá minha pessoa

por causa dumas ideias engrassadas que tive, este fim-de-semana foi desperdiçado em lojas. desperdiçado é uma palavra demasiado branda para a tortura que é para mim, ter de fazer compras.. detesto fazer compras, especialmente em lojas grandes. naquelas que consegui entrar e sem fugir logo assustada, não encontrei tudo o que procurava e ainda vou ter de voltar à carga. a vontade é zero e a coisa começou logo a perder a piada.

quase que tive um ataque de pânico numa dessas que o mulherio adora (e ainda me estou a auto-flagelar pelo súbito ataque de insanidade que me levou lá). i shit you not! não sei se foi pelas montanhas de trapos e corredores claustrofóbicos de cabides, que quase não deixam ver nada ao redor; se pelo cheiro a químicos, ou pelos os padrões epilépticos de alguns tecidos; se pela a avalanche descontrolada de pessoas a revolver TUDO à sua passagem, ou pelas crianças aos berros a serem arrastadas pelas progenitoras pelos mencionados corredores, mas por momentos, o chão fugiu-me debaixo dos pés e comecei a ver tudo à roda.
depois da tarefa quase impossível que foi encontrar peças que me agradassem minimamente, tive uma porrada de tempo na fila para os provadores... só para chegar à minha vez e mudar de ideias. larguei a roupa toda sem experimentar nada e saí da loja tão rápido que quase deixei um rasto de fogo por onde passei. ainda estou traumatizada com a experiência. tão cedo meto lá os pés!

numa outra pediam 17€ por um top com um erro ortográfico. porra, é que nem oferecido..

experimentar carradões de coisas, e ter de pensar se levo esta que até gosto, vou combiná-la com o quê, e depois tenho que percorrer mais uma vez as montanhas de roupa ao encontro de qualquer coisa que dê ali, e depois pede um tipo de sapatos que não tenho, e.. OH CUM CRL!!

é tão desgastante, a sério que é... mil vezes passar o ano inteiro de jeans e t-shirt. mil vezes..

    22 de Junho de 2015, às 22:42link do post comentar ver comentários (9)(2)

    Opá, e o ti Arnaldo armado em troll?

    eu sei, eu sei.. já partilhei isto no facebook, e a esta hora já anda por todo o lado.. mas não resisto a fazê-lo aqui também. adoro o homem, o que é que se há-de fazer!

    já vi o vídeo mais de dez vezes e parto-me sempre a rir com a reacção das pessoas e a naturalidade com que ele faz aquilo. não me importava nada de ter levado com um cagaço daqueles.. até podia borrar-me toda que não fazia mal nenhum muhahahah

    18 de Junho de 2015, às 22:16link do post comentar ver comentários (4)

    O meu homem, consultor de fashion

    descíamos a rua augusta e o homem vinha analisando as montras. perturbado com a fraca qualidade do que viu exposto na montra de uma conhecida marca de moda jovem, comenta:

    "olha-me pa esta merda... isto não é boho-chic, isto é boho-chunga!"

    é impressão minha ou ele acabou de cunhar o termo para uma nova fashion trend? LOL

    e agora mesmo, enquanto escrevia isto, saiu-se com outra: 

    "já reparaste que boho e hobo têm as mesmas letras?"

    faz todo o sentido :D

    18 de Junho de 2015, às 01:13link do post comentar ver comentários (7)(1)

    Déjà vu

    no ano passado, no início de junho fez uns calores brutais. mas logo a seguir à altura dos feriados, que é quando costumamos ir de férias, sumiram-se para parte incerta e não houve verão para ninguém.. querem ver que este ano vai ser igual? :/

    não se faz.. não se faz.. quero o calor de volta!!

    Tenho um novo receio na minha vida

    calma.. não é nada de preocupante. só estúpido.

    tão nos últimos tempos, quando estou no meio de um sonho, acontece lembrar-me a pegar no telemóvel para twittar qualquer coisa. 

    para começar, isso nem sequer faz grande sentido.. ainda se fosse há uns 5 anos atrás até compreendia, mas hoje em dia já pouco "twitto". depois, tentar fazer algo num sonho às vezes é uma tarefa quase impossível, tipo correr ou ter de chegar rapidamente a algum lado, ou até gritar.. querer publicar um tweet não é diferente. é altamente frustrante não conseguir acertar nas teclas do telemóvel, como se tivesse um atraso qualquer, ou escrever e não sair nada daquilo que quero.

    anyway, o meu receio é: qual é a noite que acordo com o telemóvel nas mãos, tendo *conseguido* a proeza de publicar uma merda qualquer no twitter a dormir, e o que lá vem escrito.

    o mais provável seria uma salganhada de letras sem nexo, que parecia coisa do gato a passear-se por cima do teclado, ou que tivesse apanhado uma granda piela e me lembrasse a partilhar uma súbita inspiração com o mundo.. mesmo assim, medo!

    é que se o tweet do sonho desta noite tivesse entrado, seria qualquer coisa do género:

    "ai que giro, o cortejo dos casamentos de santo antónio vem encabeçado por um grupo de actores porno em plena acção"

    duas ressalvas sobre este belo produto do meu subconsciente: primeiro, não vale a pena perguntem-me porque é que fui sonhar com isso dos casamentos de santo antónio que eu não sei responder.. é que tal evento passa-me completamente ao lado lol; segundo, se alguém quiser roubar a ideia de ter actores porno a animarem a festa do copo d'água, não se esqueçam a creditar-me por ela!!

    14 de Junho de 2015, às 02:12link do post comentar ver comentários (4)

    Se ele não fosse assim… XIII

    tenho várias constelações de cabelos bancos espalhadas por esse universo que é a minha cabeleira, mas como não costumam estar visíveis a olho nú, não perco muita energia com o assunto.

    acontece que uma delas deu em nascer mesmo aqui, à beirinha da testa. começou por ser apenas um cabelito branco, grosso e brilhante, que eu achava adorável.
    só que nos entretantos, o fulano decidiu arranjar companhia.. contei alguns nove.. NOVE!!! ora, não preciso de mais demonstrações do meu estimado corpo que estou a ficar idosa e comecei a barafustar, que tal coisa era inadmissível e que estava a um cabelo branco de começar a pintar a gadelha para esconde-los todos e que yada yada yada..

    o homem, que estava ali mesmo ao lado a assistir ao meu acesso de fúria, responde com grande excitação:

    - what?! nem penses! mais uns quantos e ficas como a rogue!!!

    a rogue é a personagem de x-men favorita dele.. e por causa das coisas agora estou proibida de aniquilar os cabelos brancos.. pelo menos do alto da tola prá frente : /

    Só grandes ideias, nesta minha cabeça

    ontem achei que depois de ter corrido na segunda e na terça, devia dar descanso as pernas para hoje estar fresquinha.. só que depois almocei churrasquinho e fiquei com peso na pança consciência. então decidi que esticar o tapete na sala e fazer na descontra uns agachamentos, pranchas, pontes, lunges, e elevações, não me fazia mal nenhum...

    AH AH AH... ERRADO!

    tou aqui que nem posso, dói-me tudo o que é músculo do pescoço para baixo lol sou tão tenrinha que até dá aflição :P

      11 de Junho de 2015, às 20:40link do post comentar ver comentários (14)

      Aviso à navegação

      nunca dei utilidade à página do facebook daqui do tasco, mas vou começar a largar lá parvoíces (e cenas fixes também, vá) que tropeço pela net e que podiam dar um post mas não dão porque me aborrece a escrevê-lo ou acho acho que não vale a pena. entre outras coisas, se tiver prai virada :)

      a quem já o segue por lá, não estranhem a súbita agitação.

      10 de Junho de 2015, às 15:53link do post comentar ver comentários (3)

      Mr Robot

      eis uma série que arranca com um brutal piloto de sessenta minutos e deixa logo os nerds com os olhos colados no ecrã a salivar, do principio ao fim!

      será pelo protagonista extremamente bem caracterizado e com quem facilmente a geekalhada se identifica? será pelo enredo que promete meter hacktivistas tanto a descascar corporações monopolistas, como a entalar o zé da esquina que se anda a portar mal? será porque nos faz aperceber que hoje em dia cada vez mais a nossa privacidade não passa de uma mera fantasia e acaba por abrir-nos os olhos em relação à vida na rede? será certamente uma amálgama disto tudo e mais qualquer coisinha.

      tenho a dizer que gostei bastante do conceito de hacker-vigilante, uma espécie de dexter das interwebs. o primeiro episódio deixou a barra bem alta, veremos se os seguintes correspondem às expectativas criadas. convém é vê-la com um techie ao lado, por causa do jargão técnico :)

      also, fiquei curiosa com a escolha do nome.. será que tem alguma relação com uma certa board do 4chan?

      'Le me

      tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

      no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

      offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

      mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

      de resto, é ler o blog :D

      'Le liwl

      era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

      muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
      #11 #10 #9 #8 #6 #5 #4

      follow us in feedly  Seguir nos Blogs do SAPO

      Subscrever por e-mail

      A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.