Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Ainda 2009...

Janeiro 31, 2010

ando pa escrever este post há 1 mês (nota-se muito a minha vontade de escrever? :P). bom, a modos que tracei em cima de um mapa os sítios por onde andamos no ano passado. pretty impressive, huh?



nem por isso, achei pouco...acho que se pudesse, mal chegava sexta-feira à noite, pegava no carro e só parava num sitio qualquer tirado ao calhas. há lá coisa melhor do que partir à descoberta?

e assim se mete 20mil km num carro que só sai da garagem ao fim-de-semana..é muita chato gostar de conduzir heheheh

Eu até faço um esforço, mas não consigo...

Janeiro 26, 2010

ia lançada para comprar o último cd de AIR na fnac, há espera que tivesse acontecido algum milagre entretanto e eles tivessem começado a praticar preços decentes...mas lá estava a etiqueta, a berrar 17€ e qualquer coisa...
segue-se uma consulta rápida na amazon ..o mesmo cd por 11€, já com os portes incluidos!

temos pena... :P
 

Tou fã da asos!

Janeiro 23, 2010

depois de uma primeira experiência menos positiva por culpa minha, meti-me numa segunda encomenda, bem mais generosa.. e a rezar para que a devolução de fosse coisa pacifica.
é que têm tanta coisa gira que uma pessoa não se consegue decidir, e com aqueles preços...mais vale mandar vir logo tudo e devolver o que não se gostar..

então, precisamente uma semana antes do natal, mandei vir 6 peças de lá. no mesmo dia recebi a notificação que a minha encomenda já tinha sido expedida e que seria entregue por volta do dia 12 de janeiro.
não me surpreendeu muito, já se sabe como são os atrasos dos correios nestas alturas.

...mas no dia 23 a encomenda chegou!
esperei menos de uma semana por uma encomenda vinda do estrangeiro em pleno natal, parecia milagre lol!

já a prever que não ia ficar com tudo, abri os sacos com muito cuidado e experimentei a roupa toda. a que não gostei (3 peças) foi logo arrumada dentro da embalagem orginal, com o formulário de retorno preenchido. motivo: doesn't fit as expected..
no dia seguinte, remeti a encomenda de volta pro uk, e fiquei calmamente à espera que eles a recebessem, o que iria certamente demorar uns dias, devido à altura.

mas a 2 de janeiro (sábado) recebi a confirmação que tinham recebido a devolução e que iam creditar o dinheiro no cartão. COOL, funcionou às mil maravilhas!

há uns dias passei por lá e acabei por ir ver as promoções.
encontrei umas calças brutais da killah por 25€....25€!
até me passei! nas lojas não as encontro por menos de 100€... e como eu adoro as calças da killah...assentam-me tãoooooo bem..são é caras como tudo :(

...mas por 25€... BRING IT ON!

mandei vir a 12. no dia seguinte recebi um mail a avisar-me que o mau tempo podia provocar atrasos na entrega. no worries, e obrigada pelo aviso, tipo, não é normal darem-se ao trabalho :)

...mas passados trés dias tavam cá!

preços do outro mundo, rápidos a enviar, transportadora porreira, rápidos a processar as devoluções. muito fixe mesmo!

// DEVOLUÇÕES NA ASOS

farto-me de receber pedidos de ajuda sobre as devoluções, para não estar sempre a responder a mesma coisa, aqui fica o processo em detalhe:

não te serve / não gostas / tens dúvidas, não há crise:

- dobras cuidadosamente as peças dentro dos saquinhos de origem;
- arrumas as peças dentro do saco onde veio a encomenda*;
- preenches o formulário** que veio com a encomenda, indicando o motivo da devolução;
- destacas o auto-colante que contem a morada de envio e colas na embalagem, na mesma zona onde está o da morada de entrega;
- selas o saco, a faixa de cola que existe no rebordo costuma ser suficiente. em caso de dúvida, podes usar fita adesiva para reforçar a embalagem;
- vais aos CTT e envias a encomenda de volta para o UK, pagando os respectivos portes. o preço a pagar depende da quantidade de peças (peso delas) que estás a devolver;
- esperas pelo email de confirmação, que costuma chegar uns dias mais tarde. o reembolso cai na conta pouco depois. e não, a ASOS não devolve os portes da devolução.

depois decides se queres fazer nova encomenda a pedir o tamanho certo ou cor diferente, ou se cagas no assunto e metes o dinheiro ao bolso :)

* se não abriste o saco da encomenda com cuidado e não te parece em condições para ser utilizado novamente, podes comprar uma caixa/embalagem nos CTT

** se não encontrares este formulário, faz login no site, vai à area de cliente, desce até à secção de returns, faz download do respectivo .pdf, imprime e preenche com os dados das peças e motivo. se não sabes os dados das peças, procura na seção de recent orders, e clicka em view order;

Delegar tarefas chatas (cont.)

Janeiro 23, 2010

há um mês atrás disse por aqui que tinha começado a usar o serviço de engomadoria aqui da lavandaria perto de casa, já me esquecia de dar o veredicto ^^

pois, é muito bom ter a roupinha engomada e pendurada no roupeiro pronta para vestir pela manhã, e é muito agradável dormir numa caminha feita de fresco com lençóis passadinhos a ferro. o serviço vale cada euro que custa!

e é tão simples como sair de casa de manhã, deixar lá a roupa no cesto que me deram para o efeito, e passados dois ou três dias, passar por lá, carregar com o cesto para cima e arrumar a roupa. já nem precisa dizer o nome, que há terceira vez já tinha sido memorizado :)

o veredicto: simples. eficiente. personalizado. não podia tar mais satisfeita com o serviço!

Isso de ser geek...sim, essa coisa!

Janeiro 21, 2010

aí há uns dias o hugo questionava-se sobre o que é isso de ser geek e se ele se poderia considerar como tal, e falava das suas reservas quanto à utilização do rótulo.
eu, que já andava há mooontes de tempo para escrever sobre isso, vou aproveitar a boleia do post dele. só não sei se este é o blog certo, mas cá vai disto!

some say that geeks are nerds with (some twisted variation of) social skills...

acima de tudo, acho que ser-se geek é um state of mind. eu considero-me geek a 100% e ostento o rótulo com orgulho.. apesar de apostar que aqueles que são genuinamente geeks acharem que tou a contar uma piada de mau gosto quando digo isto, pois...

...não gosto de videojogos, não sei programar (eu disse programar), não sei configurar routers, não uso a  linha de comandos, não consigo memorizar quotes geeks / lines de filmes e espeta-los na altura certa, esqueço-me frequentemente de termos técnicos (se bem que estes dois últimos pontos podia atribuir culpas a esse buraco negro que é minha memória), etc etc, mas...

...para mim, ser geek é ter fome de conhecimento, é andar sempre em cima das notícias sobre tecnologia, acompanhar as últimas tendências do mundo da electrónica, ter uma paixão pornográfica por gadgets, ser fã incondicional de ficção-cientifica, partir-me a rir com html mal escrito e com as tiras do dilbert (as do xkcd volta e meia escapam-me :P) entre outras coisas igualmente geeks, e claro, e não consigo imaginar um mundo sem internet, nem sei como foi possivel viver sem ela durante tanto tempo!

depois tenho aquela costela anti-social, que já vem dos tempos de escola. sempre andei um bocado à margem porque não me conseguia encaixar nos grupos, só comecei a apanhar pessoal "igual a mim" já no secundário.
posto isso, não ganhei hábitos sociais, tipo, não gosto de sair à noite, não troco uma noite em casa agarrada ao mac ou a ver séries (ou ambos) por uma noitada num bar qualquer, nem sequer tenho um grupo de amigos pra ir prá má vida com eles.
já para não falar que o comum mortal não acha lá muita piada aos temas que eu gosto de conversar e aborrece-se com uma facilidade incrível (assim de repente, lembrei-me daquele sketch dos fedorentos, o tsunami de informáticos) e com razão lol

e pronto, a modos que é isso :)
geeks of the world, unite!

AIR é uma daquelas bandas...

Janeiro 18, 2010

já aqui foi falada imensas vezes. foi a primeira banda que eu e o marido descobrimos ter em comum e foi uma das primeiras que assistimos juntos, e quando cá vêm tamos sempre na primeira fila...

...mas ir assistir a um concerto de AIR é quase sempre uma experiência agridoce.
a qualidade sonora dos albuns eleva demasiado a fasquia e eles são incapazes de reproduzir um som minimamente semelhante (e porque não agradável) quando tocam ao vivo.
os sons electrónicos e os instrumentais não colam de uma forma harmoniosa, e os vocals então nem se fala.. acabo por levar o concerto todo a ouvir as musica na cabeça e a tentar desesperadamente encontrar semelhanças...as tantas começa-se a tornar decepcionante..

já assistimos a 4 concertos e o de ontem à noite foi dos piorzinhos, a par com o do sudoeste de 2002, onde deram numa de experimentalistas e avacalharam-me duas das minhas músicas favoritas.. imperdoável :P
traziam menos equipamento e menos uma pessoa. se a memória não me engana, normalmente são 4 (ou 5) em palco.

o lineup também não foi dos melhores, falharam a intro com a épica electronic performers e nem sinal do pocket symphony..parece quase que quiseram jogar pelo seguro e mantiveram-se mais nos clássicos produzidos no moon safari..

mas pronto, quanto voltarem, lá estaremos!
entretanto, nos headphones é que gosto mesmo de ouvi-los :)

099 - Voltar a trabalhar com o marido

Janeiro 16, 2010

quando inicialmente determinei este objectivo tinha outra coisa em mente. mas entretanto a terra deu duas voltas e meia ao sol e houve muita coisa que mudou, objectivos incluídos.

comigo definitivamente rendida ao sapito, era impossível realizar essa tarefa...a não ser que o marido fosse lá parar.
não estaríamos propriamente dito a trabalhar juntos (a não ser que estivéssemos ambos integrados na mesma equipa/projecto), mas tavamos no mesmo barco, a remar na mesma direcção, o que seria praticamente o mesmo.

...e quis o destino que janeiro começasse com essa grande novidade: a partir das 10 da manhã o marido fica à porta da empresa e quem entra é o colega, até por volta das oito da noite, altura em que os papeis se invertem novamente :D

depois de 5 anos de separação em horário laboral, estamos novamente "juntos" 24/7, entre aspas porque ele ta de volta das coisas dele e eu das minhas, mas estamos no mesmo espaço físico, com almoços e lanches juntos e essas coisas todas a que temos direito :)
ao principio estranhava um bocado, cada vez que os meus ouvidos apanhavam a voz dele ou quando ele me aparecia ao lado assim de repente. não tava habituada a tê-lo por perto no trabalho, e era uma sensação estranha he he

entretanto, estas duas semanas passaram muito rápido e foram estranhamente pacificas. praticamente não as senti. aposto que a presença dele deve ter alguma coisa a ver com o assunto. é que tarmos ali ou em casa ou noutro sitio qualquer é a mesma coisa, deste que estejamos juntos, tasse bem!

mas o melhor que tudo, o melhor que tudo é que agora não preciso de andar com as chaves de casa a pesarem-me no bolso e nunca tenho que pagar nada!  muhahahahaha

Aí vão 3!

Janeiro 15, 2010

o marido tem uma relação estranha com as alianças. em 5 anos de casamento, já vai em três alianças novinhas em folha, o sortudo :P

passo a explicar.
a primeira entrou-lhe no dedo pela mesma ocasião que a minha.
entretanto, num dia de praia, tirou-a para me passar bronzeador e nunca mais lhe tomou o peso.

a segunda foi resultado desse infeliz evento.
acontece que nessa altura o chavalo tava gordo que nem um texugo..e mandou fazer uma aliança enorme, que ficou bem mais cara que a primeira...

entretanto perdeu peso... e a aliança começou a escorregar-lhe do dedo. com medo de a perder, novamente, decidiu e bem, ir manda-la ajustar.
medições feitas, chegou-se à conclusão que 3 medidas abaixo seria o ideal para não voltar a cair do dedo...3 medidas!!

desesperos à parte por andar sem aliança durante mês e meio, hoje recebeu o tão aguardado telefonema para ir levantar a dita cuja, que já tinha chegado.

e lá estava ela, resplandecente em toda a sua gloria, como seria suposto, já que para fazer o ajuste, ela iria ser cortada, soldada, polida, e gravada novamente...voltaria praticamente novinha em folha!

...com o pequeno pormenor que era *REALMENTE* novinha em folha!

parece que a funcionaria enganou-se em qualquercoisinha durante o processo do pedido de ajuste e...encomendou uma nova!

claro que não pagamos nada a mais, apenas o ajuste, que mesmo assim não foi barato, quase 40 euros para aliviar a aliança em 3 medidas de ouro branco :P

enfim, é nova! lol

e sabem que mais..é apenas uma (meia?) medida acima da minha muhahahaha (posso usa-la, portanto!)

028 - Apanhar uma narsa valente

Janeiro 11, 2010

...e pronto, aconteceu. YAY :P

(não foi assim *tão* valente, vá.. às vezes pode não parecer mas ainda existe uma restia de juizo em mim he he)

tava agendada desde outubro para acontecer na passagem de ano. isto porque durante a festa de anos da leo, e a conversar sobre o assunto, o tio prometeu-me que me providenciaria um pifo pela passagem de ano. e eu achei que era capaz de ser uma boa ocasião para tal!

chegou o dia 31 e até havia bastante álcool naquela casa..o problema é que sangria e cerveja não me convencem, e só perto da meia-noite é que fui à carga.
meia garrada de vodka e quase uma litrosa de joy laranja/maracujá meteram-me o mundo a andar à roda..ou se calhar era só a minha cabeça!

deve ter sido praí ao terceiro que comecei a achar que tava a ficar marada. ao quarto já via tudo a andar à roda, fazia equilibrio para andar e tinha que me agarrar aos moveis para chegar onde queria em segurança.
ao quinto ria-me por tudo e por nada. tinha a voz arrastada e fazia um esforço enorme para ter um discurso minimanente coerente. a meio do sexto achei que a missão tinha sido cumprida com sucesso. mesmo assim, o processo ainda foi longo, demorou praí 3 horas :P

não me lembro de ter subido as escadas e chegado ao quarto. lembro-me do marido a largar-me na cama, e quando dei por mim, tava a ter o primeiro encontro imediato com a sanita. foi estranho..aquilo pareceu-me tão natural que nem me importei.
só dizia parvoíces, e depois dizia ao marido que ele era "um bom homem" por me aturar lol

no dia seguinte acordei cheia de sede e pus-me a beber água.. e depois tive o segundo encontro imediato com a sanita.
andei o dia todo com o estômago muito sensível e um sabor horroroso a sumo de laranja na boca, mas não me chegou a doer a cabeça nem nada disso. menos mal!

e pronto.. quem viu, viu (ou leu, no twitter, lol)! quem não viu, temos pena, que nem tão cedo me meto noutra... para além de não ser nada de especial, existe o factor "detesto alcool" e ter que fazer um esforço danado pa atingir esse objectivo nem por isso é agradável...mas pronto, valeu pela experiência, agora já sei o que é estar bêbado (só espero não ter perdido muitos neurónios no processo :P)..

mas por momentos temi por esta tarefa lol, tava a ver que não a conseguia realizar..até a minha mãezinha gozou comigo "a primeira bebedeira aos 30 anos... isso devia ir parar ao guinness!" lol

Pág. 1/2

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D