Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Chocolate Chip Cookies... Yummy!!

Agosto 11, 2007

Andava há que tempos para experimentar fazer bolachas!
Depois de pesquisar umas quantas receitas, decidi-me por bolachas de pepitas de chocolate, tipo chipmix ou coisa do género. Seleccionei uma receita, e fui ao jumbo!

Cá vai a receita, bem ilustrada desta vez. Enjoy!



Ora, para fazer um jarro cheio de bolachas, precisamos de:

- 112 gr de margarina;
- 75 gr de açúcar branco;
- 80 gr de açúcar amarelo;
- 210 gr de farinha;
- 100 gr de pepitas de chocolate;
- 90 gr de amêndoas (opcional);
- 1 ovo grande;
- 1 colher de chá de aroma de baunilha;
- 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio;
- 1 pitada de sal;


E começa a festa!

sugarsugarbutterflour
Pesa-se o açúcar branco

Pesa-se o açúcar amarelo

Pesa-se a manteiga

Pesa-se a farinha

baking sodasugarbuttersugar
Junta-se a pitada de sal e o bicarbonato à farinhaJunta-se os açúcaresBate-se a manteiga até ficar em pastaJunta-se o açúcar e bate-se até que a mistura fique fofa
eggbaunilhaadd flourdough
Junta-se o ovo e bate-se bemAdiciona-se o aroma de baunilha e mexe-se até ligar bem com a massa

Junta-se a mistura da  farinha, sempre a mexer Adiciona-se as pepitas e as amendoas trituradas
traydoughsoon-to-be cookiesoon-to-be cookie
Unta-se a forma (made by ikea)Massa prontaPega-se numa pequena porção de massa com uma colher e pimba!

Faz-se uma bolacha redondinha 
soon-to-be cookiesovent-10baked
E faz-se mais umas quantas, até acabar a massa ou o espaço no tabuleiroVão ao forno pré-aquecido a 180º......durante 10 a 15mn dependendo do tamanho das bolachas E pronto! Temos uma fornada de chocolate chip cookies deliciosas! 

 

cookie jar

Ora, e como nós já sabemos do que a casa gasta, achamos por bem precaver-nos contra um eventual desastre culinário, e abastecemo-nos de bolachas no ikea he he he

Mas correu tudo bem e as nossas bolachinhas ficaram deliciosas e vamos repetir a dose brevemente. Claro que não ficam nada baratas em relação a comprar um pacote, mas é divertido :)

(o resto das fotos estão aqui!)

Btw, estes cookie jars do ikea são liiiindos!!!

EIXXXX!

Agosto 11, 2007

Reparei agora que a 400D deu a volta ao "conta-quilómetros"!!

Isso significa que em 8 meses tiramos 10 000 fotos. Nada mal!!

A sensação foi parecida à que tive quando notei que tinha passado dos 100 000km no chasso lol

(btw, estou a menos de 20 000 de chegar aos 200 000km \m/ )

Houseisms

Agosto 11, 2007

House: Why, in case he’s telling the truth? You’re a believer, aren’t you?

Chase: Well, I’m just not arrogant enough to think that of the 50 billion galaxies, 100 billion stars per galaxy, and 10 million billion planets in the universe that we’re the only ones with life.

House: No. But I’m guessing we’re the only ones who like shoving things through our back doors.

in House MD - Can and Able

Não sei quantas vezes já vi este episódio, mas nunca consigo evitar umas gargalhadas valentes durante este dialogo..muito bom!

Mais do mesmo!

Agosto 10, 2007

Hoje, vinha eu a atravessar a estação do marquês para apanhar a linha amarela, a pensar que "pode ser que isto não seja mau de todo" depois de ter apanhado os dois comboios anteriores sem esperar um minuto que fosse, quando depois de quase 10mn de espera do metro pás picoas aparece no letreiro qualquer coisa do tipo "por motivos que são alheios ao metro a circulação nas linhas amarela e verde encontra-se interrompida"...vá toca de sair da estação e ir à pata até às picoas, a ver as carreiras da carris a passar por mim e a pensar "eu podia ir naquela...e naquela também"...GRRRRRRRR!!!

A sério, se alguém me voltar a falar bem do metro, eu juro que lhe mordo!!

...e cuidado que eu não fui vacinada contra a raiva!

...e, mudando um bocado de assunto...

Agosto 10, 2007

Hoje em dia, um dos meus principais fornecedores de música nova são as séries de tv..apanho bocadinhos de músicas que me parecem fixes, depois vou aos sites do costume* a ver se descubro o nome delas,  e depois vou ao iTunes..ouço a música que apanhei na série, confirmo, e depois ouço o resto das músicas do álbum donde essa veio, depois se gostar, ouço o resto dos álbuns do mesmo autor..e depois decido se é de comprar.

Anda agora aconteceu..tava a ver o shark, apanhei 15 segundos dum som que gostei e fui-me a ele! Quem ficou a ganhar foi o iTunes, pois dos dois álbuns que o grupo tinha lá, (à partida) só gostei de três músicas...e venham elas!

(são de um grupo chamado brazilian girls que só por acaso actuou no SW no ano passado, mas foi no primeiro dia do festival e eu não estive lá...)

...ando é lixada com uma que deu no john doe, e que eu já gosto dela vai quase para 10 anos (passava muito na ant3na em 97 ou 98), e mais uma vez escapou-me, porque corri a net duma ponta à outra e nada nem ninguém sabe o nome daquela merda...e o que eu tenho procurado por ela...

* sites do costume:

have dog
google
imdb
thought worthy
tune find
tv

Sines é fixe!

Agosto 09, 2007

(bem.. ando há que tempos para escrever este post...)

Numa destas noites, quando regressávamos dos algarves, notei que o depósito era capaz de não aguentar até à BP do bairro do isaías (grândola), então, antes de me meter pro IP8, fiz um desvio e entrei em sines pelo lado do porto..

Ora, eu nunca tinha estado em sines antes (, , shame on me e essas coisas todas..), o mais perto que tive foi numa bomba de gasolina à entrada (ou saída) da cidade, a mesma que queria ir nessa noite... eu só sabia que ela ficava, agora, como chegar lá era outra história!
Então andei às voltas no meio de uma cidade que não conhecia, onde não se via vivalma (e nem por isso era tarde, era praí uma da manhã), sem saber por onde ir, a ver se descobria a tal bomba...

Estava prestes a dar inicio ao processo de arrependimento e consequente autoflagelação por não ter utilizado o caminho que já conhecia, quando reparei que sines tem placas que indicam "SAÍDA"..opá, nunca tinha visto tal coisa...era raro encontrar placas que diziam lisboa ou algarve, mas a indicar a saída até haviam muitas. Genial! Fizeram cá um jeitaço do caraças! Graças a elas, cheguei à bomba em menos de nada hi hi hi

(humm...ou será que sines tem placas que indicam a saída porque lá não gostam de forasteiros? he he he ^^)

Quem me manda a mim armar-me em sovina....

Agosto 08, 2007

Como tenho quase metade do mês de agosto em férias, achei que devia dar férias também ao passe... mas contas feitas, não rende, então decidi comprar um baratuxo, que me desse para as viagens essenciais casa-trabalho-casa..e o eleito foi o metro/transtejo, que era 6€ mais barato que o da carris/transtejo..

Depois de passar mais tempo à espera do metro do que dentro do metro, e ter que apanhar três secas em vez de uma, lembrei-me porque é que deixei de usar o metro há mais de um ano atrás: QUEEEEE SECAAAAAA, que transtorno, que irritação, que canseira!!!
Prefiro mil vezes os autocarros desengonçadas da carris e a descida vertiginosa da avenida da liberdade e da rua arsenal, onde chego a ter agarrar as mamas e rezar para que nenhum dos meus órgãos internos fique danificado, tal não é a violência da viagem, do que subir e descer escadas, passar por três linhas diferentes, levar secas em todas elas, sem falar no resto...

..bem, mas agora aguenta-te à bronca...:P

da da da da

Agosto 07, 2007

Aproveitamos a noite de domingo o filme dos simpsons. Não me vou esticar muito, que o assunto já mais do que batido por essa internet fora, mas deixem-me dizer que este "episódio" com quase 90mn fez as delicias desta fã!

Mais saidos-da-casca  do que nunca, os meus personagens favoritos fizeram-me delirar com as suas peripécias. Parti o coco, a rir, especialmente com o homer, que faz coisas que não lembram ao diabo, como prova este clip hi hi hi

Férias - parte I

Agosto 07, 2007

(segue uma posta brutal para desenjoar hi hi hi)

Quem já tem falado comigo sobre o parque de campismo da galé, sabe que eu conselho sempre a evitar o mês de agosto por causa da confusão que é, não que tenha lá estado, mas porque me também me disseram isso...ora, mas como nós somos uns grandes avessos (ou então gostamos mesmo daquele lugar), fomos-nos meter na boca do lobo, conscientes (achávamos nós) daquilo que nos esperava!

Chegamos lá por volta das seis da tarde. Como ainda estava um calor desgraçado, fomos um bocado à praia..tava-se mesmo bem, o marido aproveitou e fez uma corridinha de 3km junto ao mar. Saímos de lá já passavam das oito e fomos tratar de fazer o jantar. Desta vez, levamos tralha e alguns mantimentos para cozinhar, pois estávamos a contar com filas intermináveis no restaurante e no snack-bar... só não haviam filas intermináveis nenhumas, o que nos surpreendeu..estava tanto movimento como da última vez que lá tínhamos estado, a meio de julho..

Nessa noite ouvimos alguém dizer que o bar da praia abria depois da meia-noite e descemos lá abaixo para confirmar a informação. Ainda não estava aberto, mas estavam lá uns putos que nos disseram que o bar abria por volta da meia-noite e meia e fechava às quatro da manhã. Não ficamos à espera, claro, e subimos a comentar que era uma ideia genial, aproveitarem aquele sitio, afastado do parque, para a malta estar à vontade depois da hora de sossego, porque diga-se de passagem, para muitos , à meia-noite, a noite ainda é uma criança..

..só que passadas algumas horas de sono fui acordada por malta que vinha da praia e arrependi-me de ter achado a ideia genial...aquela movimentação de gente para cima e para baixo, muitos já bezanos, a falar em altos berros e a gritar uns com os outros arruinou-me a noite...isso e ter-me esquecido da MERDA DAS ALMOFADAS! Que porra de esquecimento..por alguma razão que a própria razão desconhece, não consigo dormir sem  ter a cabeça elevada, e a única coisa remotamente confortável era o saco cama que era suposto servir para nos taparmos, que ficou a servir de travesseiro...e pronto, rapei algum frio nessa noite, não foi pior porque tinha o pijama..

Bem, como resultado de uma noite mal dormida, na sexta acordamos cedo. Fomos à padaria buscar pãozinho para fazer sandochas para levar pá praia e fomos tomar o pequeno almoço.
Depois de um dia dedicado quase exclusivamente a trabalhar pro bronze com direito a uma curta e fracassada sessão de bodyboard, constatamos que a calmaria começou a dar lugar à confusão, e o parque estava a encher a olhos vistos. Agosto a bater em força!
Nessa noite voltei a ser acordada por gente que vinha da praia na maior das algazarras...tive quase para ir reclamar do barulho com os monitores que andavam na ronda mas achei que era o mesmo que nada...caguei, fui dar uma mija e voltei pa tenda..aquele ruído não é nada comparado com o barulho das obras do metro e eu suporto-o de bico calado...

No sábado seguiu-se outro grande dia de praia. Tal e qual como no dia anterior, estava tanto calor que só se estava bem dentro de água, fartei-me de tomar banho, coisa-rara-nunca-antes-vista, a água estava uma maravilha!
Ainda me fiz a umas marrecas jeitosas, mas isto de se estar quase um ano sem pegar na prancha é lixado, é ter que aprender de novo, e aquelas ondinhas molengas são uma maravilha para isso he he

À noite, depois de uma churrascada valente (levamos o "it-o" atrás) fomos comer a bela da fartura. Havia musica ao vivo (uma banda de covers muita manhosa) mas aquilo já era quase meia-noite e eles anunciaram que a festa prosseguia na praia...comecei logo a ver o caso mal-parado...
Entretanto marido apeteceu-lhe uma cola mas aquilo já passava da hora e os bares já estavam fechados. A única hipótese era mesmo o da praia, então lá descemos aquilo pela terceira vez nesse dia...

A meio da descida fomos interceptados por um bando de putos, que estavam a passar os transeuntes a pente-fino...
Então seguiu-se uma cena, no mínimo, caricata...um dos putos aponta-me a lanterna (a noite estava escura e a coisa só lá ia de lanterna) e depois aponta ao marido, eu não percebi bem a conversa entre eles, mas depois ele contou-me:

Puto 1 pergunta ao puto 2 enquanto este me inspecciona: "É mula, é mula?"
Puto 2 aponta o foco da lanterna po marido:  "Ah, caga caga, tem namorado..."

..e eu a pensar que eles estavam à procura de algum amigo ou coisa assim...não, andavam à caça de gajedo da forma mais descarada que alguma vez já testemunhei!
..mas espera...mula..? MULA??? É isto que a malta agora lhe deu para a chamar às miúdas??? Argh...

Bem, uma vez lá em baixo, ficamos surpreendidos ao ver a quantidade de gente que já por lá se amontoava em grupos espalhados pela areia, à espera que a festa começasse.
O bar lá abriu e o marido foi buscar uma bebida. Depois ficamos sentados ali à beira-mar a observar o fenómeno social que estava de decorrer: os grupos já se começavam a misturar, os putos que apanhamos no caminho andavam-se a fazer a todas as gajas que apanhavam pela frente sem grande sucesso (i wonder why...), havia gente metida dentro de água, e depois começa a festa: um par de colunas brutais e música ali a bombar em altos berros...comecei logo a ver a vida a andar para trás...mais uma noite que não ia conseguir dormir decentemente..
Resolvemos regressar à tenda porque já começava a ficar frescote, e pelo caminho tive a sensação de estar em pleno festival do sudoeste: noite, frio, muito "calor humano", pouca luz, música alta a ecoar pela "planície", o pessoal a dar "fogo à pedra", outros a dançarem de copo na mão, outros a cambalearem de um lado para o outro sem saber bem para onde ir....foi aí que me apercebi o porquê de estar tanta malta nova acampada no parque...pudera, aquilo é uma festa!!

Por incrível que pareça, apesar do barulho das ondas e da brisa a bater na copa dos pinheiros ter sido substituído por música de discoteca e gritaria, consegui adormecer sem acordar durante a noite..aliás, foi das três noites a que dormi melhor...nem sei se houve muito xinfrim durante a madrugada, mas deve ter havido, porque aquilo eram só garrafas e copos de plástico espalhados por todo o lado.. para além de barulhenta, a malta também é javarda e pelos vistos, ainda não aprendeu que não se jogam garrafas no mato...

..e como já vem sendo habitual desde que começamos a ir pá galé este ano, o domingo amanheceu foleiro!
Tomamos o pequeno almoço e entretanto as nuvens afastaram-se e deram lugar a um fim de manhã muito agradável e quente. Estive um bom bocado sentada na falésia a admirar a praia e o oceano. Parecia uma daquelas praias tropicais, a água estava com um cor linda, arrependi-me de não ter levado a maquina fotográfica, porque tinha tirado ali umas fotos espectaculares...
Como estava apetecível, pensei que não fazia mal nenhum fazermos uma prainha antes de nos irmos embora.

Não tínhamos muita pressa, andamos por ali a anhar e a arrumar as coisas aos poucos e lá descemos até à praia... e o sacana do dia pôs-se feio outra vez, ou seja, mal pus os pés na areia, as nuvens taparam o sol..até parece que é de propósito..grrrrrrrr!!

Não ficamos lá muito tempo porque comecei a ficar com frio, o marido ainda esteve um bocado na água, mas depois subimos para ir acertar as contas e bazar (sem antes comer um burger, claro!), quando estávamos a terminar, as nuvens desapareceram e o dia ficou bonito outra vez...é que é mesmo irritante pah!

Eram umas seis e meia quando chegamos a casa, tava tudo bem co furas, que tinha ficado com a casa por conta dele*, descarregamos, arrumamos, e fomos até ao forum ver as modas e um filmito :)

Veredicto:
Se forem campistas do mesmo género que nós, que gostamos de calmaria, de relax, de silêncio, então, agosto é mesmo um mês a evitar, ou pelo menos os fins-de-semana. Não havia recanto que não tivesse ocupado, e o barulho era uma constante..na noite de sexta e sábado, a zona do restaurante e snack-bar encheu completamente, era tanta, tanta gente, que uma pessoa custava a andar por lá, e as filas eram monstruosas..
Acho que os chuveiros perto do snack-bar são menos concorridos que os da zona das tendas, porque nunca esperei muito tempo, e apanhei sempre agua quente em todas as cabines. Não são tão bons como os outros, mas servem perfeitamente.
A padaria, a peixaria, o take-away, o bar da praia, a gelataria, e a barraca das farturas foram novidades para nós, que nos surpreenderam pela positiva.
Havia sempre montes de pó no ar e andava muita gente a queixar-se de alergias.
A parte menos boa é a enchente, mas como nós estávamos um bocado isolados, nem sempre dávamos pela confusão..

* o furas, tadito, teve que ficar sozinho em casa, mas como tem a sorte de ter uns donos que se preocupam muito com ele, ficou com a casa por conta dele..bem, menos a sala..barramos-lhe o acesso à sala (e ao sofá) e deixamos-lhe a cozinha, o quarto e a casa-de-banho para ele curtir à vontade, sem morrer assado pelo calor infernal que faz na cozinha nesta altura do ano..

...mas engraçado, que no parque, vi uma mulher que vinha da praia com um sacana dum coelho de estimação enrolado numa toalha...um coelho peludo...como é que o animal suporta aquelas temperaturas?? Também keru! : /

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: hello@liwl.net

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D