Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

Chatisses interplanetárias!

Julho 21, 2005

Fomos ver o War Of The Worlds no outro dia. Escusado será dizer que adorei o filme, por várias razões:
- Primeiro porque não me lembro de ter visto um filme nos últimos tempos que me tenha chocado/perturbado tanto..
- Segundo, porque é tão realista que quase que sentia na pele o que os personagens estavam a sentir (desespero mesmo)..
- Terceiro porque as actuações estavam mesmo boas, assim como os efeitos especiais e essas tretas todas..

Eu sou daquelas pessoas que acredita que, se alguma vez formos visitados por essas bichezas do universo, a coisa não vai ser pacifica (devem ter arruinado o planeta natal (tal como nós o estamos a fazer), se não, não se faziam à "estrada", devem vir desesperados por um planeta estável, fartos de andarem a viajar fechados em naves malcheirosas, e de certeza que não vão querer partilhar o lugar), por isso mesmo é que o filme me perturbou tanto.
Já tinha visto a serie, long time ago, mas não li o livro, por isso não sei dizer até que ponto está baseado nele (só sei que estes de marcianos não tinham nada, eram mais tipo à Independece Day), mas que o filmaço está bom, isso é indiscutível.

E é neste tipo de filmes que se vê se um actor é mesmo bom ou não presta..e se ele nos consegue transmitir o desespero que está a sentir, através das expressões, da maneira como fala e age, então, é bom! E não há tantos assim como isso.
Eu nem por isso vou com a cara do Tom Cruise, mas ele é definitivamente muito bom actor. Parecia estar mesmo a viver aquilo, depois os putos mimados, impertinentes e egoístas também ajudaram bem à festa, especialmente a miúda, mais a garganta dela, e também a arrogância do filho. Só a paciência que ele teve para os controlar...só à chapada!

Há la coisas que não batem certo, tipo os gajos a filmar e a tirar fotos quando supostamente todos os aparelhos eléctricos tinham pifado, mas isso até passou..
Agora, ele a chegar a casa aflitissimo, coberto de pó das pessoas que iam morrendo à frente dele, a repórter lhe mostrar a dimensão do problema, a cena quando a miúda vê os mortos a flutuar no rio, a cena que lhes roubam o carro, a cena do ferry, a destruição total, a cena da cave, a forma que ele lutava pela vida e ainda aturava os filhos, entre outras...que nervos!!

Mandamos uns saltos valentes na cadeira, eu e o marido, e eu volta e meia jogava as mãos à cara (não, não chegava a cobrir os olhos). É emocionalmente muito violento, ver a maneira como as pessoas morriam, e a incapacidade dos meios humanos para lutar com o inimigo, a destruição causada, e o triste destino de quem era apanhado (o Cell também costumava sugar as pessoas...), e a luta pela vida e ainda tentar a todo o custo manter a família unida.

Eu sabia qual iria ser o desfecho do filme, mas estive perturbada até ao ultimo segundo mesmo...Violento é favor...deu-me arrepios...depois deitei-me a pensar naquilo, nem dormi bem...

Resumindo, o Spielberg esteve à altura do desafio e não se esqueceu do Jonh Williams ^^

Só a titulo de curiosidade, há uns bons anos, houve alguém que se lembrou de fazer a dramatização desta obra de H.G. Wells, via rádio, que deixou uma boa parte da América toda em polvorosa.

(esta coisa de não andarmos a ler ou a ver grandes previews dos filmes é muita bom, assim nunca vamos com grandes expectativas e saímos de lá sempre deslumbrados lol)

Entre outras coisas

Julho 21, 2005

(Segundo a assistência tecnica do Clix) a PT lixou-me o dia...não tive net o dia todo, só agora é que resolveram a questão (cá para mim, isto não passou de uma conspiração da PT para que o pessoal se chateie com os outros ISP´s e passem a engolir SAPOS)...e quando não há parece que ainda precisamos mais dela...hunpf..

A Arrábida começou a arder outra vez. Faz nesta altura um ano que deflagrou lá um incêndio enorme, e este pelos vistos (a quantidade de fumo que vejo aqui da janela assusta), não deve ser pequeno..

Hoje descobri que está a despontar um enorme herpes labial (ou então são mesmo queimaduras, pois até bolhas me estão a aparecer ...) nos meus lábios inchados...tanto sol no domingo fizeram estragos. Agora resta saber se o marido também está a criar alguma. Ele nunca teve, mas os lábios dele são a impressão de estar lá uma a nascer..Já fui ao própolis (as ultimas que tive não resistiram aos cremes a base desta cena) e já tenho a farmácia quase toda em cima do lavatório (cremes labiais, batons hidratantes, zovriax...)

A semana que vem vai começar ocupada.
Sexta vamos novamente pós algarves, mas temos que estar de volta no domingo porque o marido tem uma entrevista às 10 da matina, e na terça tenho que levar o rapazote ao veterinário, também às dez.
Vai levar o reforço anual da esgana, e vou bombardear o vet com milhares de perguntas sobre a saúde do bixo. Tenho medo dos níveis de açúcar no sangue, e dos dentes que começam a ficar amarelos dos lados (o mais certo é aproveitar a anestesia da esterilização para lhe fazer uma limpeza à boca..mas isso é mais lá pó fim do ano), e do peso, e da perca de pêlo, e quero que ele faça exames ao que for necessário para me certificar que está tudo bem com ele (ligo mais à saúde do bixo do que à minha....)!

E por falar no bixo...
Agora que finalmente terminou o suplício dos seis meses de cio dele, o nosso peculiar bixinho de estimação está aos poucos a reaver a liberdade anterior. Mas tem que ser aos pouco que ele abusa logo...vai para a sala, mete-se debaixo do sofá e começa a esgravatar o fundo, que por azar, é de um tecido muito frágil e vai precisar de ser brevemente reforçado, antes que ele faça um buraco e vá explorar as entranhas do sofá.
Como o resto da casa é novidade, não podemos permitir que ele destaque novos cantinhos para fazer de casa de banho, por isso temos que andar em cima dele como águias. Como já não cheira mal e o pêlo já não anda sempre nojento, já pode andar pelo meio (e por dentro) das coisas todas que ele gosta (basicamente tudo o que se cruza pelo caminho dele).
Tem andado a mudar o casaco, e agora ficou outra vez como ele mais curto e duro. Largou tanto pêlo que até me chegou a assustar (pior que um gato persa). Está muito mais magro (1,3kg)..digo, está com o peso normal para um bicho como ele, e a ligeira agressividade que tinha durante o cio já lhe passou também, já voltou a ser o bixinho carinhoso que era à sete meses atrás he he
Já não mija as pernas das cadeiras, e a marcação ao que parece, e quase nula. Também já respeita mais as cagadeiras dele.

Descobrimos-lhe duas: é doido por melão, apesar de não poder comer (só em quantidades minúsculas). Mandou um salto incrível e nunca antes visto para cima da mesa, porque lhe cheirou a melão...arrisco mesmo a dizer que ele gosta mais de melão do que carne de vaca crua, e que não suporta o cheiro dos pickles he he he agora ja sabemos, para quê gastar dinheiro em sprays amargos, se podemos usar o vinagre dos pickles ^^

Finalmente o marido arranjou-me um hub usb, porque esta coisa do mac só ter duas portas usb e eu estar rodeada de aparelhos usb, é uma tanga, que eu não gosto nada da trackpad dos portáteis...
Ele já me arranjava também era um teclado novo, porque este, alem de já ter meia dúzia de teclas com as letras apagadas (tal não é o uso), tá tão cagado que já não dou desentranhado a sujidade toda..

E também o Paulo tornou-se num switcher. Agora tem um iMac 20"! Que invejaaaaa!! hi hi hi

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

email: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D