Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lost in wonderland

lost in wonderland

O jantar da noite passada

Janeiro 07, 2005

Ontem não sabia bem o que fazer para o jantar, e reparei que tinha uns excedentes das refeições anteriores no frigorifico, coisa que não gosto nada (ter coisas a meio, tipo pacotes ou embalagens abertas, ou leftovers da noite anterior, etc.)
O ingrediente principal era a pescada, pois tinha uma embalagem aberta com duas postas de pescada. Podia ter cozido, mas como andava mortinha por usar o forno, procurei por receitas que combinassem todos os elementos. A receita eleita foi pescada gratinada (ou qualquer coisa parecida). Menos mal, mãos ao trabalho, e viva ao improviso!

Ingredientes (para 2 pessoas):

- Duas postas de pescada congelada generosas;
- Margarina;
- Alho q.b.;
- Pimenta q.b.;
- Sal;
- 1/4 de limão que estava refundido no frigorifico;
- Salsa picada daquela congelada dos pacotes;
- Um pacote com um resto de natas que sobrou dos bifinhos;
- Um bocadito de leite para diluir as natas;
- Duas fatias de queijo meio ressequidas;
- Um papo-seco já com alguns dias;

Acompanhamento: legumes salteados:

- Batatas cozidas;
- Sobras das batatas, cenouras e brócolos cozidos da noite anterior;
- Margarina;
- Pimenta q.b.;
- Salsa q.b.;
- Resto do alho picado usado na pescada;

Não disse as quantidades, pois faço tudo a olho, tal como a minha mãezinha me ensinou: usar a intuição he he

Modo de preparação:
- Tirei a pescada do congelador e coloquei a descongelar.
- Preguei com as fatias de queijo no congelador para ser mais fácil rala-lo.
- Como não tinha o pão ralado como pedia a receita original, e a quantidade não era suficiente para me fazer sair à rua, torrei um papo-seco que andava perdido no saco do pão, agarrei no ralador, e ralei-o. Como sou perfeccionista, passei o ralado pelo passador do leite, para sair só mesmo pão ralado fininho (devia ter ido à rua, pois levei uma boa meia hora para fazer umas míseras gramas de pão ralado lollll acho que não compensa o tempo gasto).
- Ralei o queijo, com alguma dificuldade (pois...ralar faitas de queijo O.o), mas ficou perfeito.
- Meti três batatas a cozer.
- Temperei a pescada com sal grosso e sumo de limão. Ficou a marinar durante 30/45 mn.
- Tirei as batatas do lume e cortei-as aos cubos. Fui buscar as que sobraram da noite anterior, juntamente com as cenouras e os brócolos, e juntei tudo numa frigideira.
- Untei um pirex com margarina. Coloquei as duas postas de pescada arrumadinhas, meti uns bocadinhos de margarina entre, e dentro da pescada, polvilhei com alho, salsa, depois pão ralado, queijo ralado e a mistura de natas com leite (em partes iguais). Meti no forno a 160º graus durante cerca de 30 mn
- Na frigideira juntei margarina, salsa, pimenta e o resto do alho e aqueci aquilo tudo até ficar assim pó douradinho.

Resultado: só sobrou umas batatinhas, que vão dar uma óptima tortilha amanhã pelo almocito, e livrei-me dos restos que andavam pelo freezer he he
O marido deve ter gostado, pois até andou a fazer sopas no molho, e eu, apanhei uma barrigada que mal me dei mexido o resto da noite.

'Le me

tem idade suficiente para ter juízo, embora nem sempre pareça. algarvia desertora, plantou-se algures na capital, e vive há uma eternidade com um gajo que conheceu pelo mIRC.

no início da vida adulta foi possuída pelo espírito da internet e entregou-lhe o corpo a alma de mão beijada. é geek até à raiz do último cabelo e orgulha-se disso.

offline gosta muito de passear por aí, tirar fotografias, ver séries e filmes, e (sempre que a preguiça não a impede) gosta praticar exercício físico.

mantém uma pequena bucket list de coisas que gostava de fazer nos entretantos.

'Le liwl

era uma vez um blog cor-de-rosa que nasceu na manhã de 16 de janeiro, no longínquo ano de 2003, numa altura em que os blogs eram apenas registos pessoais, sem pretensões de coisa alguma. e assim se tem mantido.

muitas são as fases pelas quais tem passado, ao sabor dos humores da sua autora. para os mais curiosos, aqui ficam screenshots das versões anteriores:
#12   #11   #10   #9   #8   #6   #5   #4

seguir nos blogs do SAPO

drop me a line: isa [ arroba ] sapo [ ponto ] pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

'Le Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D