1997: memórias

tinha três coisas na minha vida: internet (irc, e estava a dar os primeiros passos no webdesign), música, e dragonball. e não queria saber de absolutamente mais nada!

nesse ano, tinha duas tardes livres no horário da escola. nesses dias vinha para casa à hora do almoço, comia qualquer coisa passava a tarde ou agarrada ao pc (tinha uma colecção valente de diskettes cheias de imagens - que hoje em dia seriam do tamanho de selos, e clips de vídeo e áudio em *rm/a e *wav's), ou às minhas colecções de cartões e bugigangas que ia comprando relacionadas com o vício, ou esparramada num puf, à espera das 5 da tarde para ver dbz, a ouvir música ou a dormir.

tinha o rádio sempre sintonizado na ant3na, e uma cassete sempre enfiada no deck, e ia fazendo mix tapes com o que apanhava nas emissões e curtia. air, deepdish, robbie robertson, são coisas que descobri nessa altura (que me lembra), e sempre que as ouço, sou recambiada para o passado, viagem no tempo instantânea.

uma vez acordei a meio da sesta, ao berros, com uma cãimbra na perna. a sis veio a correr em meu auxilio, e quando se apercebeu do que era, esticou-me a perna de uma forma que me fez passar a dor.. mindblown!!

gravava sempre o episódio, para rever uma, duas, três... as vezes que fossem preciso :D às vezes fazia pipocas e o arc do freeza parecia interminável. pqp!!

tinha o quarto forrado a posters, fazia scrap books (que ainda hoje existem), e desenhos para vender aos putos na escola, e para entrar em concursos para ganhar cassetes de video com OVAs de DBZ - e ainda ganhei umas quantas. bons tempos aqueles lol

8 de Maio de 2017, às 21:38link do post comentar